Corazón de Papel

Julio Iglesias

exibições 11.192

Corazón de Papel

Sé que tú vas diciendo que no te quiero
que el día menos pensado te voy a dejar,
que me has querido siempre, que fui el primero,
que cuando me vaya me vas a extrañar.

Esa historia que cuentas, puras mentiras,
porque yo he sido siempre, siempre el perdedor
Soy de los dos, seguro, quien más ha querido
Y nunca olvido lo que he sufrido por tanto amor.

Tú, corazón de papel
que no entiendes de amores, ni sabes querer.
Que no lloras por nadie, sembrando desaires;
Me maltratas la vida y por poco te olvidas
que eres mi mujer,
corazón de papel.

Esa historia que cuentas, puras mentiras,
porque yo he sido siempre, siempre el perdedor
Soy de los dos, seguro, quien más ha querido
Y nunca olvido lo que he sufrido por tanto amor.

Tú, corazón de papel
que no entiendes de amores, ni sabes querer.
Que no lloras por nadie, sembrando desaires;
me maltratas la vida y por poco te olvidas
que eres mi mujer
corazón de papel

Tú, corazón de papel
que no entiendes de amores, ni sabes querer.
Que no lloras por nadie, sembrando desaires;
me maltratas la vida y por poco te olvidas
que eres mi mujer,
corazón de papel.

Coração de papel

Sei que você vai dizendo que não te quero
Que algum dia vou te deixar pensando,
Que me quis sempre, que fui o primeiro,
Que quando me for, vai me estranhar.

Essa história que conta, pura mentira,
Porque eu sou sempre o perdedor
Sou dos dois, seguro, quem mais quis
E nunca esqueci o que sofri por tanto amor

Você, coração de papel
Que não entende de amoraes, nem quer saber.
Que não chora por nada, sameando desdém;
Me maltrata a vida e por puco esquece
Que é minha mulher,
Coração de papel.

Essa história que conta, pura mentira,
Porque eu sou sempre o perdedor
Sou dos dois, seguro, quem mais quis
E nunca esqueci o que sofri por tanto amor

Você, coração de papel
Que não entende de amoraes, nem quer saber.
Que não chora por nada, sameando desdém;
Me maltrata a vida e por puco esquece
Que é minha mulher,
Coração de papel.

Você, coração de papel
Que não entende de amoraes, nem quer saber.
Que não chora por nada, sameando desdém;
Me maltrata a vida e por puco esquece
Que é minha mulher,
Coração de papel.

Composição: Julio Iglesias / Rafael Ferro / Roberto Livi · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Guido, Traduzida por nono
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.
0 comentários
Terra Música feedback