Viveme

Laura Pausini

exibições 172.346

Viveme

No necesito más de nada ahora que
Me iluminó tu amor inmenso fuera y dentro

Créeme esta vez
Créeme porque
Créeme y verás
No acabará, más

Tengo un deseo escrito en alto que vuela ya
Mi pensamiento no depende de mi cuerpo

Créeme esta vez
Créeme porque
Me haría daño ahora, ya lo sé

Hay gran espacio y tú y yo
Cielo abierto que ya
No se cierra a los dos
Pues sabemos lo que es necesidad

Víveme sin miedo ahora
Que sea una vida o sea una hora
No me dejes libre aquí desnudo
Mi nuevo espacio que ahora es tuyo, te ruego
Víveme sin más verguenza
Aunque esté todo el mundo en contra
Deja la apariencia y toma el sentido
Y siente lo que llevo dentro

Y te transformas en un cuadro dentro de mí
Que cubre mis paredes blancas y cansadas

Créeme esta vez
Créeme porque
Me haría daño una y otra vez

Sí, entre mi realidad
Hoy yo tengo algo más
Que jamás tuve ayer
Necesitas vivirme un poco más

Víveme sin miedo ahora
Que sea una vida o sea una hora
No me dejes libre aquí desnudo
Mi nuevo espacio que ahora es tuyo, te ruego
Víveme sin más vergüenza
Aunque esté todo el mundo en contra
Deja la apariencia y toma el sentido
Y siente lo que llevo dentro

Has abierto en mí
La fantasía
Me esperan días de una ilimitada dicha
Es tu guión
La vida mía
Me enfocas, me diriges, pones las ideas

Víveme sin miedo ahora
Aunque esté todo el mundo en contra
Deja la apariencia, toma el sentido
Y siente lo que llevo dentro

Me Viva

Não preciso mais de nada agora que
Me iluminou teu imenso amor fora e dentro

Acredite esta
Acredite porque
Acredite e verás
Não acabará mais

Tenho um desejo escrito no alto que voa já
Meu pensamento não depende do meu corpo

Creia em mim esta vez
Creia em mim porque
Me machucaria agora, já sei

Há um grande espaço entre você e eu
Céu aberto que já
Não se fecha aos dois
Porque sabemos o que é necessidade

Me viva sem medo agora
Não importa se é uma vida ou uma hora
Não me deixe sozinha desse jeito
Meu novo espaço que agora é teu, te peço
Me viva sem mais vergonha
Mesmo que esteja todo mundo contra
Esqueça a aparência e preste atenção no sentido
E sinta o que levo dentro

E te transformas em um quadro dentro de mim
Que cobre minhas paredes brancas e cansadas

Creia em mim esta vez
Creia em mim porque
Me machucaria uma e outra vez

Sim, entre minha realidade
Hoje tenho algo mais
Que nunca tive antes
Precisas viver-me um pouco mais

Me viva sem medo agora
Não importa se é uma vida ou uma hora
Não me deixe sozinha desse jeito
Meu novo espaço que agora é teu, te peço
Me viva sem mais vergonha
Mesmo que esteja todo mundo contra
Esqueça a aparência e preste atenção no sentido
E sinta o que levo dentro

Você abriu em mim
A fantasia
Me esperam dias de uma ilimitada alegria
É teu roteiro
Minha vida
Me enfocas, me diriges, pões as ideias

Me viva sem medo agora
Mesmo que esteja todo mundo contra
Esqueça a aparência e preste atenção no sentido
E sinta o que levo dentro

Composição: Laura Pausini · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Rusken, Traduzida por Rusken, Legendado por flaviagasparino
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.
0 comentários
Terra Música feedback