O Cordeiro de Deus

Lázaro

exibições 10.597

Santo, santo.
Santo, santo, santo.
Santo, santo, santo.
Santo, santo.

Pedaço de trapo
Humilhado e desprezado
Pelos homens deste mundo
Batem no peito, carrascos de alma.

O chicote com perversidade
Corta profundo
Longa caminhada, grande peso leva,
Sobre os ombros
Gotas de sangue

Santo, santo…

O lado cortado
E o sol entristecido
Fecha os olhos para o mundo
A terra treme, o véu é rasgado

O cordeiro com autoridade
Entra no inferno
Ele prega, toma a chave do diabo
E volta ao mundo, vitorioso.
Santo, santo…

Terra Música feedback