O Silêncio de Deus

Leandro Borges

Não consigo entender, o que está acontecendo
Tenho orado tanto tempo, mas não vejo nada se movendo
E angustiado eu pergunto, porque Deus se cala
Quando minha alma grita, quando minha fé se abala
Chego a pensar que não me escutas
E comigo não se importa, Pai se estas me ouvindo
Eu imploro me dê uma resposta.

Eu oro, eu choro, eu clamo,
Mas parece que o céu está de bronze
Eu oro, eu choro, eu clamo,
Mas parece que Deus não ouve

Filho, eu estou aqui! Tudo tenho acompanhado
Embora não possas me ver, Mas sempre estive do teu lado
Não consegues entender, Que o meu silêncio
É pra ouvir a tua alma e colocar tua fé em prova
No silêncio eu te conheço, Sondo os teus pensamentos
Posso até ouvir palavras que não foram pronunciadas

Eu oro (e Eu ouço teu clamor)
Eu choro (tuas lágrimas Eu enxugo)
Eu clamo ( e Eu abro o céu inteiro só pra te ouvir)
Eu ouvi (Filho, eu estou aqui!)
Eu choro (Tua lágrima eu vi)
Eu clamo e sinto algo diferente acontecendo.

No silêncio Eu vou assim, vou abrindo os caminhos
No silêncio Eu vou fazendo o impossível acontecer
Teu silêncio não é o meu e tudo que eu faço você pode ver
Você não ouviu, mas a muralha caiu
Você não viu, mas uma porta se abriu
No silêncio Eu trabalho, No silêncio Eu preparo
E agora eu entrego tudo pra você

Eu te ouço (Pai, eu posso te sentir)
Te respondo (Sim eu posso te ouvir)
Eu abro o céu( e eu sinto o céu se abrindo sobre mim)
Estou comigo (sinto sua presença)
Estou agindo (Tudo está se movendo)
Filho, eu nunca te abandonei
Filho eu estou aqui
Sinta minha presença te envolver
Sinta o meu abraço te aquecer
Ouça o meu silêncio se romper
Filho eu tô aqui!

Pai, eu posso te sentir, tua voz eu posso ouvir
Agora eu sei que estas aqui, bem perto de mm
Estas aqui, estas aqui

4.309 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais