A Rede

Lenine

exibições 85.444

Nenhum aquário é maior do que o mar
Mas o mar espelhado em seus olhos
Maior, me causa um efeito
De concha no ouvido, barulho de mar
Pipoco de onda, ribombo de espuma e sal

Nenhuma taça me mata a sede
Mas o sarrabulho me embriaga
Mergulho na onda vaga
Eu caio na rede
Não tem quem não caia
Eu caio na rede
Não tem quem não caia
Eu caio na rede

Às vezes eu penso que sai dos teus olhos o feixe
De raio que controla a onda cerebral do peixe
Às vezes eu penso que sai dos teus olhos o feixe
De raio que controla a onda cerebral do peixe

Nenhuma rede é maior do que o mar
Nem quando ultrapassa o tamanho da Terra
Nem quando ela acerta, nem quando ela erra
Nem quando ela envolve todo o planeta

Explode, devolve pro seu olhar
O tanto de tudo que eu tô pra te dar
Se a rede é maior do que o meu amor
Não tem quem me prove
Se a rede é maior do que o meu amor
Não tem quem me prove
Se a rede é maior do que o meu amor
Não tem quem me prove
Se a rede é maior do que o meu amor
Não tem quem me prove

Às vezes eu penso que sai dos teus olhos o feixe
De raio que controla a onda cerebral do peixe
Às vezes eu penso que sai dos teus olhos o feixe
De raio que controla a onda cerebral do peixe

(Eu caio na rede, não tem quem não caia)
Se a rede é maior do que o meu amor, não tem quem me prove
Eu caio na rede, não tem quem não caia

Composição: Lenine / Lula Queiroga · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Bruna, Legendado por otaner2020
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
0 comentários
Terra Música feedback