Letras de músicas - Letras.mus.br

Sobre Canecas e Chá

Léo Fressato

Eu não vim falar de amor,
Nem dizer que o destino foi quem nos juntou
Eu não prometi cuidar e nem prometo agora,
Embora eu vá olhar com ternura pras tuas crias e pra caneca com chá...

Não peço pra namorar
Você riria
E eu morreria
Sem ar.

Eu não vim pedir amor
Nem me dei por vencido
Cê sabe como é
Sou teimoso de dar dó!

Só vim para dizer: no meu sertão não será só
Só vim para dizer: no meu sertão não será só
E vai chover
E vai chover

Sabe
O meu amor é teu
Não sei o que aconteceu
Nem sei no que vai dar

Sabe
Só quero um beijo teu
E que não diga adeus
Pra que eu possa voltar

E eu voltarei!
Margaridas na mão
Venho armado até os dentes
Pra roubar teu coração
E colocá-lo rente ao meu

Sabe
Antes de terminar
Minha moça, eu te digo
Você vai ser feliz comigo

Mesmo se o mundo acabar
Mesmo se o avião cair
Mesmo se a chuva alagar aqui
Mesmo se a gente afogar

E eu não vim falar de amor
Nem dizer que o destino foi quem nos juntou
Eu não prometi cuidar e nem prometo agora
Embora eu vá olhar com ternura pras tuas crias e pra caneca com chá

Não peço pra namorar
Você riria
E eu morreria

Composição: Leo Fressato · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Wesley
Legendado por ._.._.
42.670 exibições
Ver mais fotos

Comentários


Quem curte?
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais