À moda antiga

Lisandro Amaral

exibições 10.638

Seu Leovegildo abana um pala
Num dos crioulos da Caneleira
Será bolicho ou gauchada?
Leva a tostada, vai pras carreira!

Que estampa antiga, me traz saudade
Daqueles tempos que o Graciliano
De pulso firme cimbrava um pealo
Só pelo golpe de um orelhano

E o Alencastro não tinha rancho
Mas tinha um reino - vida e estrada -
Sorriso largo pelos bolichos
E algum cambicho de carreira atada

À moda antiga, nas madrugadas (3x)

Hoje resgato o pança de burro
Ato a capricho meu "serenero"
e o chiripá renasce altivo
Com calzoncillo, faca e culero
As nazarenas, ferro templado.
"Gauchas potreras" de todo pé
Diz que "hay" surungo, luz de candeeiro,
Gaita e pandeiro lá por Bagé.

Terra Música feedback