Dirty Boulevard

Lou Reed

exibições 4.528

Dirty Boulevard

Pedro lives out of the wilshire hotel
He looks out a window without glass
The walls are made of cardboard, newspapers on his feet
His father beats him 'cause he's too tired to beg

He's got 9 brothers and sisters
They're brought up on their knees
It's hard to run when a coat hanger beats you on the thighs
Pedro dreams of being older and killing the old man
But that's a slim chance he's going to the boulevard

He's going to end up, on the dirty boulevard
He's going out, to the dirty boulevard
He's going down, to the dirty boulevard

This room cost 2,000 dollars a month
You can believe it man it's true
Somewhere a landlord's laughing till he wets his pants
No one here dreams of being a doctor or a lawyer or anything
They dream of dealing on the dirty boulevard

Give me your hungry, your tired your poor I'll piss on 'em
That's what the statue of bigotry says
Your poor huddled masses, let's club 'em to death
And get it over with and just dump 'em on the boulevard

Get to end up, on the dirty boulevard
Going out, to the dirty boulevard
He's going down, on the dirty boulevard
Going out

Outside it's a bright night
There's an opera at lincoln center
Movie stars arrive by limousine
The klieg lights shoot up over the skyline of manhattan
But the lights are out on the mean streets

A small kid stands by the lincoln tunnel
He's selling plastic roses for a buck
The traffic's backed up to 39th street
The tv whores are calling the cops out for a suck

And back at the wilshire, pedro sits there dreaming
He's found a book on magic in a garbage can
He looks at the pictures and stares at the cracked ceiling
At the count of 3 he says, I hope I can disappear

And fly fly away, from this dirty boulevard
I want to fly, from dirty boulevard
I want to fly, from dirty boulevard
I want to fly-fly-fly-fly, from dirty boulevard

I want to fly away
I want to fly
Fly, fly away
I want to fly
Fly-fly away (fly a-)
Fly-fly-fly (-way, ooohhh...)
Fly-fly away (I want to fly-fly away)
Fly away (I want to fly, wow-woh, no, fly away)

Avenida Suja

Pedro vive no Wilshire Hotel
Ele olha pela janela sem vidro
As paredes são feitas de papelão, jornais em seus pés
Seu pai lhe bate, porque ele está cansado demais para pedir esmola

Ele tem 9 irmãos e irmãs
Criados sobre seus joelhos
É difícil correr quando um cabide lhe acerta nas coxas
Pedro sonha em ficar mais velho e matar o velho
Mas há uma estreita chance que ele vá sair para a avenida

Ele vai acabar, na avenida suja
Ele vai sair, para a avenida suja
Ele está indo, para a avenida suja

Seu quarto custa dois mil dólares por mês
Pode acreditar cara, é verdade
Em algum lugar um proprietário está rindo até molhar as calças
Ninguém por aqui sonha em ser doutor ou um advogado ou coisa alguma
Eles sonham em negociar na avenida suja

Me entregue, seus famintos seus cansados seus pobres eu mijarei sobre eles
É o que a Estátua do Racismo diz
Sua massa pobre e aglomerada, vamos surrá-los até a morte
E acabar logo com isso e despejá-los na avenida

Vai ter que acabar, na avenida suja
Vai sair, para a avenida suja
Ele está caindo, na avenida suja
Saindo

Lá fora a noite está clara
Tem uma ópera em Lincoln Center
Estrelas do cinema chegam de limusine
Os holofotes atiram sua luz por cima do céu de Manhattan
Mas as luzes estão apagadas nas ruas maliciosas

Um garoto pequeno, em pé perto do Lincoln Tunnel
Ele vende rosas de plástico por um conto
O tráfego aglomera até a Rua 39
As putas de TV estão chamando os Tiras para uma mamada

E de volta ao Wilshire, Pedro se senta ali sonhando
Ele encontrou um livro de mágica numa lixeira
Ele olha para as figuras e encara o teto rachado
"Ao contar de 3" ele diz, "Eu espero desaparecer daqui"

E voar, voar embora, desta avenida suja
Eu quero voar desta avenida suja
Eu quero voar desta avenida suja
Eu quero voar, voar, voar, voar desta avenida suja

Eu quero voar embora
Eu quero voar
Voar, voar embora
Eu quero voar
Voar, voar embora
Voar, voar, voar
Voar, voar embora
Voar embora

Terra Música feedback