Letras de músicas - Letras.mus.br

Ciao Amore Ciao

La solita strada, bianca come il sale
Il grano da crescere, I campi da arare
Guardare ogni giorno
Se piove o c'è il sole
Per saper se domani
Si vive o si muore
E un bel giorno dire basta e andare via
Ciao amore
Ciao amore, ciao amore ciao
Andare via lontano
A cercare un altro mondo
Dire adio al cortile
Andarsene sognando
E poi mille strade
Grigie come il fumo
In un mondo di luci
Sentirsi nessuno
Saltare cent'anni
In un giorno solo
Dai carri dei campi
Agli aeri nel cielo
E non capirci niente
E aver voglia di tornare da te
Ciao amore
Ciao amore, ciao amore ciao
Non saper fare niente
In un mondo che sa tutto
E non avere un soldo
Nemmeno per tornare
Ciao amore
Ciao amore, ciao amore ciao
Ciao amore
Ciao amore, ciao amore ciao

Tchau Amor, Tchau

A sólita estrada branca como o sal,
O grão para crescer os campos para arar.
Olhar cada dia
Se chove ou faz sol,
Para saber se amanhã
Se vive ou se morre.
E um belo dia para dizer basta... E ir embora.
Tchau amor,
Tchau amor, tchau amor tchau.
Ir embora, longe
Buscar um outro mundo,
Dizer adeus ao pátio
Se ir embora sonhando.
E após mil estradas
Cinzentas como a fumaça,
Num mundo de luzes
Sentir-se ninguém.
Saltar cem anos
Num só dia,
Dos carros nos campos
Aos aviões no céu.
E não entender nada
E ter vontade de voltar para ti.
Tchau amor,
Tchau amor, tchau amor tchau.
Não saber fazer nada
Num mundo que sabe tudo,
E não ter um dinheiro
Nem mesmo para voltar.
Tchau amor,
Tchau amor, tchau amor tchau.
Tchau amor,
Tchau amor, tchau amor tchau.

Composição: Luigi Tenco · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Ademar
Traduzida por Bruno
15.673 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais