Januário

Luiz Gonzaga

exibições 20.411

Quando eu voltei lá p´ro sertão e quis zombar de Januário
No meu fole prateado, só de baixo, cento e vinte,
Botão preto bem juntinho, que nem nego empareiado
Mas antes de fazer fazer bonito e de passagem por Granito
Foram logo me dizendo:
De Taboca a Rancharia, de Salgueiro a Bodocó
Januário é o maior, é o maior.
E foi aí que me falou meio zangado o véi Jacó
Luiz respeita Januário, Luiz respeita Januário
Luiz.... tu pode ser famoso mas teu pai é mais tinhoso
E com ele ninguém vai Luiz
Luiz, respeita os oito baixos do teu pai.

0 comentários
Terra Música feedback