Letras de músicas - Letras.mus.br

Fã Hã

MAG

Essa aqui é pros malucos que se dizem meus fãs
Mentira do caralho!
Se você não aparecer na televisão, ninguém é seu fã, parceiro

REFRÃO(2x):
Você é meu fã? Hã? Clap! Clap! Bate palma!
Fã?Hã? Clap Clap! Tô com trauma!
Fã? Você é meu fã? Hã Hã? Clap! Clap!
Fã? Hã? Clap! Clap! Vai com calma!

Clap! Clap! Clap! Clap!
Você é meu fã? Hã? Fã? Hã! Ah!
Se eu tocar na Jovem Pan
Diz que é fã! Hã? Sei!
No começo é de lei
Ninguém compra meu CD
No meu show você não vem!
Mil desculpas você dá
Tem na manga mais de cem
Quem tem fama, tem! Tem! Quem não tem não é ninguém
Sobe aqui no palco
Aí, maluco, calma!
Mostra o seu talento! Não precisa bater palma
MAG, eu tô com trauma
Que na televisão
A fama é passageira
E que fã deixa na mão
Presta atenção, bandidão
Se imagina no ATL
E lá no Canecão
O Ja Rule e o R. Kelly
Nelly, 2pac, 50, Beyoncé
Qual é o fã que compra ingresso pra ir lá me assistir?
Então já é!E por mais que você cante igual a ninguém
Os moleques e as vagabundas idolatram o Eminem!
Te avisei! Te falei!
Como que funciona o mundo
Dinheiro compra fã, compra fama, compra tudo
Mas que absurdo! Eu nem acreditei!
Eu nem paguei o DJ
Mas tocaram "Rebaixei"
Tem fã que é interesseiro
Tem fã que é otário
Tem fã que é prostituto
Que pula de galho em galho
Fama é o caralho
É um teste de paciência
Não sai de evidência
Que os fãs abrem falência
Tem fã que é como puta
Tem fã que é recalcado
Tem fã que me escuta e diz que sou complexado
Calado, eu tô errado
Os fãs que tem razão
Não é não? Até eu botar a cara na televisão
Deu bilheteria
E ele sem reação
Só eu e o contratante
Faltou divulgação
Sempre vão dar um pretexto
A fama tem seu preço
Tu tem que ter contexto
Se é isso que eu mereço
Se eu apareço domingo na TV
Eu mudo de endereço, telefone, meu ID
Sou melhor do que você? Não! Não caio na armadilha!
Com sucesso a sua mina pede casa e uma família
Engravida, fala baixo, limpa a casa e lava louça
Amor de cu é rola! Já cansei de mulher sonsa
Agora ela é minha fã? Hã?
Agora eu sou galã? Hã?
Agora eu sou galã? Hã?
Agora ela é minha fã?
Vocês baixaram a minha música
Download! Quem que fez?
Rebaixei, aro 16
2 milhões de MP3
Sei quem é! Quem é fã? Quem é? Hã? Quem é quem?
Quem não tem, não tem fã! Não tem! Hã! Eu que sei
Já cantei pra dez malucos
Mas se tivesse um
O meu show não ia ser diferente de nenhum
Zum! Zum! Zum! Blá! Blá! Blá!
Você gosta de fofoca?
Clap! Clap! Bate palma e me sufoca!
Se o DJ toca, você canta e erra a letra
Invade o camarim com guardanapo e caneta
Eu sei que você não agüenta e implora o meu autógrafo
Ei, MAG! Chega aí! Faz uma pose pro fotógrafo!
Você é meu fã?
Quero ver, seu babaca!
Canta "Sheik" e o final da "Corsa Prata"
Hoje eu tô na merda
Ninguém sabe do amanhã
Minha sorte é que eu me viro e não dependo desses fãs

Você é meu fã? Hã? Clap! Clap! Bate palma!
Fã? Hã? Clap Clap! Tô com trauma!
Fã? Você é meu fã? Hã Hã? Clap! Clap!
Fã? Hã? Clap! Clap! Vai com calma!(2x)

Sua desculpa é que é eclético
Me acho até patético
Presta atenção, porque eu não vou ser ético
Já fui no médico e a doutora me estranhou
Presta atenção, bandidão!
Olha o que a vadia me falou
"Acho que eu te conheço
Já te vi na TV
Você tem rádio?
Me passa seu ID"
Mulher casada é maior respeito
Não adianta me dar mole
Lembra da frase: "Aqui se planta, aqui se colhe"
Vai se foder, mentira tem perna curta
Na frente de artista, qualquer mulher é puta
Idolatra vagabundo, na tela vê novela
Se eu levo pra jantar, eu dou ração pra essa cadela
Sonsa pra caralho! Eu vejo cada cena
É primeira da fileira do teatro e do cinema
Parece até uma hiena, quase se masturbando
Você ta encharcada e a mente arquitetando
Conheço os dois lados, concordo e sei que dói
Na cabeça de um pai, por saber que ele é herói
Que levanta 5 horas e volta esgotado
Pra ver sua mulher e seus filhos ali sentados
Sempre falando de artista no sofá
Comentando de galã, até na hora do jantar
Isso acaba com um homem, acaba com a sua estima
Acaba com a sua honra, tem mulher que quebra o clima
Sem ser machista, mas tem homem que exagera
Do lado da esposa idolatrando essas cadelas
Quando passa na novela a atriz que ele quer
Fala merda pra caralho e ofende a de fé
Os moleques que me escutam, as vezes não me entendem
Dizem que o MAG não se vende, que deve ser doente
Não vou negar que meus traumas são inéditos
Não vou negar que eu preciso de um médico
Eu prefiro me internar, viver como um réu
Melhor do que esperar que um fã vá ser fiel
Hã? Você é meu fã?
Qual que é? Ficou putinho?!
Se o papo é reto, você fica estressadinho!?
Clap Clap! De palma eu tô legal!
Das suas palmas eu não preciso, nem sequer do seu aval
Qual que é? Você é meu fã?Se é meu fã é de Jesus
Só repito o que ele disse, vou morrer na mesma cruz
Fama, mulher, respeito, sucesso
Meu nome é MAG, não é Michael Jackson
Nunca me elegi pra político da night
Não perco noite com artista em boate
As vezes durmo tarde, a mente vai na lua
Lembrando as noites em claro que eu passava lá na rua
Com fome, com frio, jogado no relento
Com a mesma voz, mesmo dom, mesmo talento
Duzentos por cento de trauma desses fãs
Toca na rádio que amanhã virei galã
Artista de verdade trabalha em dois empregos
Leva marmita, pega fã e acorda cedo
Sustenta quatro filhos, faz milagre com salário
Faz de tudo pra família que ainda tira ele de otário
Fã? Hã? Pensa bem! Eu sei que dói
Canta "Comer" ou "Estilo Motoboy"
Hoje eu tô na merda, ninguém sabe do amanhã
Minha sorte é que eu me viro e não dependo desses fãs

Você é meu fã? Hã? Clap! Clap! Bate palma!
Fã? Hã? Clap Clap! Tô com trauma!
Fã? Você é meu fã? Hã Hã? Clap! Clap!
Fã? Hã? Clap! Clap! Vai com calma!(2x)

De vez em quando eu tô no bar, quando vou fazer meu show
Percebi que a gente equivale ao nosso dom
Lembro da minha empresária que também não me entende
Fico pensando no que a vida faz com a gente
Se isso dá certo, eu compro um carro e um apê
Se dá errado, eu não tenho o que comer
Eu queria ser cantor, mas ninguém me explicou
Que a fama é passageira e que sucesso é cao
O meu telefone de contato agora toca!
Toc! Toc! Eu já bati na sua porta!
Agora você quer, não é? Agora é status!
Não vai falar que me pisou, fica chato
Agora você é meu fã, não é? Até quer virar sócio
A propaganda eu sei que é a alma do negócio
Nas minhas costas muita gente já montou que eu sei
Soltei a cela e o cabresto eu já tirei
Não quero fama, eu sei que eu não preciso disso
O mundo inteiro idolatra Jesus Cristo
De olho azul, você até se ajoelha
Vai pro culto, faz vigília pra explicar os seus problemas
Vai pra igreja, põe perfume, e a melhor roupa você veste
Mas se o cara fosse preto e nascido no Nordeste
Já tava esquecido como um monte de anônimo
Faço dez gols no Brasileiro e sou fenômeno
Pra me atrasar é o que mais tem! Quero ver me adiantar!
Se eu como no jantar, eu não tenho pra almoçar
Você pergunta porque eu não sou lixeiro
Faxineiro, motorista ou pedreiro
Nem me conhece! Ta falando, recalcado
Já carreguei até palmito estragado
Fui escravo de patrão, rastejei muito no chão
E se tiver que ir de novo, não vou ter vergonha não
Ambição... O homem tem que ter! Isso é pecado!
Vou morrer crucificado e apedrejado
Você não é nada e eu aceito seus defeitos
Não sou perfeito, mas eu sei fazer direito
Sei que eu vim do gueto, já fui favelado
Sei que eu sou pobre, bicho solto, revoltado
Eu vou pra igreja e não espero um milagre
Pedindo oração e a benção de um padre
Ninguém é fã de empregado ou faxineira
De lavadeira, passadeira ou de copeira
Mas vadia interesseira, vagabunda de revista
Os manos perdem a linha pra poder ficar de pista
Outro dia eu tava em casa
Mais uma vagabunda
Nem era tudo isso, no estilo Raimunda
Colchão no chão e ela quase me gozando
Televisão ligada e eu senti que tava olhando
Com certeza imaginei ela debaixo de uma dura
De olho azul, eu desliguei e ela parou
Será que é coincidência? Aí, maluco, calma!
Tem coisa que na mente de um homem causa trauma
Sem ser machista, mas tem homem que na roda
Fala de artista, mas em casa não dá conta nem da foda
O papo é reto e da má fé eu não usei
Meu nome é MAG, não sou melhor que ninguém
Clap! Clap! Bate palma pro seu pai!
Paga a escola, te alimenta e sustenta as putas que você sai
Você é meu fã? É assim, mas aí, não sou herói
Eu trabalho pra caralho, eu não sou nenhum playboy
Tô de boa, vim de baixo, mas aí, eu sou da pista
Clap! Clap! Deixa as palmas pros artistas!
Hoje eu tô na merda, ninguém sabe do amanhã
Minha sorte é que eu me viro e não dependo desses fãs

Composição: mag · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Alba
22.001 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais