Letras de músicas - Letras.mus.br

Bicho Solto

MAG

De segunda a sexta feira,
Fico só na ralação
Chego o final de semana,
Saio pra azaração
Tamo junto, aí galera,
Só de boa pra curtir
Celular já ta tocando,
Qual vai ser? Vamos sair?

Boto meu carro na pista,
hoje o bicho vai pegar
Meio tanque de gasosa,
sem problema pra rodar
Tem merreca aqui no bolso,
mano hoje eu to podendo
Bicho solto ta na área,
a noite ta prometendo

Eu num posso é vacilar,
Vou ligar pro meu parceiro
Dono de um grande site
Aqui do Rio de Janeiro.
Vê se vai rolar encontro,
Lá no posto meu irmão
Só carreta rebaixada,
E cravada até o chão

Muita ponteira cromada,
Muito farol de xenon
Meu motor é aspirado,
Aí cara! Eu tenho o dom.
Faço de um ponto zero,
Carro de competição
Os carros ficam irados,
Tamanha transformação
Só tunado de responsa,
O ano não importa não
Só os feras do asfalto,
Mandando aquela pressão

[Mag]
Ow, Derek, Bicho solto.
2007

[Derek] Refrão
Cara eu sou um bicho solto, e to na pista meu irmão.
Adoro um carro tunado, e de mulher não abro mão.
Dou moral se a mina é séria, levo um papo bem maneiro.
Mas se ela for cachorra, levo pro banco traseiro.
Bicho solto e prostituto, disso eu não abro mão.
Dou moral pra mulherada, num esculacho elas não.
Chego junto na moral, levo um papo até maneiro.
Mas se a mina for cachorra, levo pro banco traseiro.

To na night, to ligado,
Mano eu sei como é que é
Com dinheiro e de carro,
O que não falta é mulher
Dão mole pra todo mundo,
Mina assim eu num respeito
Mercenária, interesseira,
Tem tudo de quanto é jeito.

Ela tem cifrão nos olhos,
Já vão logo se queimando
Perguntam à marca do carro,
Quanto vale? Qual o ano?
Ficam mais interessadas,
Se ele for um importado
Essas minas num tem jeito,
Atiram pra todo lado.

Olham logo seu pescoço,
Vê se tem cordão de prata
Quer saber se tu és playboy,
Num esconde, nem disfarça.
Liga do seu celular,
Só pra ver se é nextel.
Fala-te toda sem jeito,
Que nunca foi pro motel!

Só falta te convencer
Da existência da cegonha
Tenta se fazer de santa,
Nem disfarça a sem vergonha
Pensa que o cara é otário,
Fala sério meu irmão
Acha que é muito esperta,
Fica só de armação
Se o maluco perde a linha,
Ela já fica bolada.
Mano passa a vara nela,
E cai fora dessa parada

[Mag]
Passa vara nessa vadia
Há! É isso aew!

[Derek] Refrão
Cara eu sou um bicho solto, e to na pista meu irmão.
Adoro um carro tunado, e de mulher não abro mão.
Dou moral se a mina é séria, levo um papo bem maneiro.
Mas se ela for cachorra, levo pro banco traseiro.
Bicho solto e prostituto, disso eu não abre mão.
Dou moral pra mulherada, num esculacho elas não.
Chego junto na moral, levo um papo até maneiro.
Mas se a mina for cachorra, levo pro banco traseiro.


Mas a vida é um jogo
E nem sempre a gente ganha
Tem muita mulher decente,
Também tem muita piranha
Mas a noite continua,
E ainda tenho gasolina
Vou passar um rádio pro mag,
O maluco é gente fina.

Bicho solto e prostituto,
Parceiro de azaração
Deixa a mulherada doida,
O cara num é fraco não
Vamo até o furacão,
Que já deve ta bombando
Da idéia nas cachorras,
Vê bundinha rebolando

Com a calça coladinha,
Vão kikando até o chão
Tem mano que fica tonto,
Perde a respiração
Isso aqui é um paraíso,
Como tem mulher gostosa
Olha só aquela princesa,
Que linda maravilhosa.

Ela ta me dando mole,
Ta me dando condição.
Até esqueci do mag,
Que vacilo meu irmão!
Mas ele ta numa boa,
Com um tremendo mulherão
Saca a comissão de frente,
Tamanho do caposão
Vou pegar minha princesa,
E adiantar meu lado
À noite cê me liga,
Porque agora eu to ocupado!

[Mag]
É foda, o cara, encontra a mina,
Esquece dos parcero.


[Derek] Refrão
Cara eu sou um bicho solto, e to na pista meu irmão.
Adoro um carro tunado, e de mulher não abro mão.
Dou moral se a mina é séria, levo um papo bem maneiro.
Mas se ela for cachorra, levo pro banco traseiro.
Bicho solto e prostituto, disso eu não abre mão.
Dou moral pra mulherada, num esculacho elas não.
Chego junto na moral, levo um papo até maneiro.
Mas se a mina for cachorra, levo pro banco traseiro.


Cara eu sou um bicho solto, e to na pista meu irmão.
Adoro um carro tunado, e de mulher não abro mão.
Dou moral se a mina é séria, levo um papo bem maneiro.
Mas se ela for cachorra, levo pro banco traseiro.
Bicho solto e prostituto, disso eu não abre mão.
Dou moral pra mulherada, num esculacho elas não.
Chego junto na moral, levo um papo até maneiro.
Mas se a mina for cachorra, levo pro banco traseiro.


Chego junto na moral, levo um papo até maneiro.
Mas se a mina for cachorra, levo pro banco traseiro.

Chego junto na moral, levo um papo até maneiro.
Mas se a mina for cachorra, levo pro banco traseiro.

Chego junto na moral, levo um papo até maneiro.
Mas se a mina for cachorra, levo pro banco traseiro.

17.058 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais