Letras de músicas - Letras.mus.br

It Takes Two To Tango

Sheriff's boot heel
Scratching the swingadella's dance floor
What else could she feel?
But fear, if she can't dance no more

On way back home wonders meeting all
Those guys from the folk band
"One day I'll be as tall
As I'll be their friend."

She woke up smiling,
Her night was good and long
She bought a country dream
And paid with a folk song

In the other night
She came back even from far
Held the seller tight
After recognizing his guitar

"So that's you, singing and selling!"
She said " I cant believe I've found
Someone like you around."

(The morning)

For her a cup of coffee
Before the singing of the
Stinger night gale
For him an old city
As scenery to his dreams for sale

After that day
They get close in each other's strings
But if he doesn't play
She doesn't dream

Sweet time came
Time to sing love rhymes
No days were the same
Daily art was dropping lines

Between doors, walls and chords,
Became a time he remembers
From which he says "I miss you so"
I believe that's because
It takes two tango

Than he walks to boozery
Enjoys alone folknocracy
I believe that's because
It takes two tango

Than he walks to boozery
Enjoys alone folknocracy
Write songs telling why he got blindo
And forgets it takes two to tango

He tried to make it clear
But she was almost forgetting
About confusion
It was like she was a bootleg
And the old trunk was just illusion

Stars from constellations
Were the only thing could guide her gold
He made it hard again
After telling her swallowing stories
From dreams he sold.

Than he walks to boozery
Enjoys alone folknocracy
Write songs telling why he got blindo
And forgets it takes two to tango

It Takes Two To Tango

O salto da bota do xerife
Arranha a pista de dança do "swingadella"
O que mais ela sentiria?
Além de medo, se ela já não pode mais dançar

No caminho pra casa queria conhecer todos
Aqueles garotos da banda folk
"Um dia eu vou ser tão grande
E eu vou ser amiga deles"

Ela acordou sorrindo
Sua noite foi boa e longa
Ela comprou um sonho country
E pagou com uma canção folk

Na outra noite
Ela voltou ainda de mais longe
Segurou firme o vendedor
Após reconhecer seu violão

"Aí está você, cantando e vendendo"
Ela disse "eu não acredito que encontrei
Alguém como você por aqui."

(De manhã)

Para ela um copo de café
Antes do canto
Da ventania da noite
Para ele uma cidade velha
Como cenário para seus sonhos a venda

Depois daquele dia
Eles se aproximaram através de suas cordas
Mas se ele não toca
Ela não sonha

O doce tempo chegou
Tempo de cantar rimas de amor
Nenhum dia era igual
A arte do dia era escrever versos

Entre portas, muros e acordes
Virou um tempo que ele se lembra
Do qual ele diz "sinto muito sua falta"
E acredito que é porque
Precisam duas pessoas para o tango

Então ele entra no bar
E curte sozinho a "folkracia"
E acredito que é porque
Precisam duas pessoas para o tango

Então ele entra no bar
E curte sozinho a "folkracia"
Escreve músicas contando como ele ficou cego
E esquece que precisam duas pessoas pro tango

Ele tentou deixar claro
Mas ela estava quase esquecendo
Sobre a confusão
Ela era como uma ilegal
E a velha mala era só uma ilusão

Estrelas das constelações
Eram as únicas coisas que podiam a guiar para casa
Ele fez difícil de novo
Depois de contar sua histórias
De sonhos que ele vendeu

Então ele entra no bar
E curte sozinho a "folkracia"
Escreve músicas contando como ele ficou cego
E esquece que precisam duas pessoas pro tango

Composição: Mallu Magalhães · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Mariana
Traduzida por Laís
7.841 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais