No Voy A Ser Tu Esclavo

Maná

exibições 5.810

No Voy A Ser Tu Esclavo

No me crucifiques
Con los clavos del amor mi morena
No soy de tu propiedad mi reina
Y no voy a ser tu esclavosi siempre te amé
Por estar atado al corazón
No voy a ser el otro eslabón
De tu colección de esclavosno, no, no, no, no, no, nomujer hermosa
Eres una reina peligrosa
Eres las espinas de una rosa
Me matas amormujer hermosa
Eres una reina peligrosa
Eres las espinas de una rosa
Mas no voy a ser tu esclavoeres una reina
Una princesa del amor
Donde pierdo entre tus muslos la razón
Mujer eres magia negrano no no no no no nomujer hermosa
Eres una reina peligrosa
Eres las espinas de una rosa
Me matas amormujer hermosa
Eres una reina peligrosa
Eres las espinas de una rosa
Me matas amoray no quiero ser esclavo del amor
Ay yo quiero escaparme del dolor
Ay no sé qué hacer
No sé no sé heymujer hermosa
Eres una reina peligrosa
Eres las espinas de una rosa
Me matas amormujer hermosa
Eres una reina venenosa
Eres las espinas de una rosa
Mas no voy a ser tu esclavosépalo bien pero óyemelo bien
Oyé me bein pero jugarte yo no soy tu esclavosépalo bien pero óyemelo bien
Pero qué yo no voy a ser tu esclavo no no nosépalo bien pero óyemelo bien
Eres una rosa una rosa filosasépalo bien pero óyemelo bien
Óye óye óye óye óye

Não Vou Ser Seu Escravo

Não me crucifique
Com os cravos do amor, minha morena.
Não sou sua propriedade, minha rainha.
Eu não vou ser teu escravo. Sim, sempre te amei
Por estar atado ao coração.
Não vou ser o outro elo perdido
Da sua coleção de escravos, não, não, não,não,não, não mulher bela.
És uma rainha perigosa
És os espinhos de uma rosa
Me matas amor, mulher bela.
És uma rainha perigosa
És os espinhos de uma rosa
Mas não vou ser teu escravo, És uma rainha,
Uma princesa do amor,
Onde perco entre suas coxas a razão,
Mulher, és magia negra, não, não, não,não,não, não mulher bela.
És uma rainha perigosa
És os espinhos de uma rosa
Me matas amor, mulher bela.
És uma rainha perigosa
És os espinhos de uma rosa
Me matas, amor e não quero ser escravo do amor,
Ai, eu quero escapar da dor
Já, não sei o que fazer,
Não sei, não sei. Hey, mulher bela
És uma rainha perigosa
És os espinhos de uma rosa
Me matas amor, mulher bela.
És uma rainha venenosa
És os espinhos de uma rosa
Mas não vou ser teu escravo, Saiba-o bem, mas ouve-me bem
Ouve-me bem, mas joga-te. Eu não sou teu escravo
Saiba-o bem, mas ouve-me bem, mas não vou ser teu escravo. Não, não, não, saiba-o bem, mais ouve-me bem
És uma rosa, uma rosa-fio, saiba-o bem, mais ouve-me bem
Ouve, ouve, ouve, ouve, ouve.

Terra Música feedback