Razão de viver

Mara Lima

exibições 10.009

Ele chegou no momento em que eu estava sozinha
E me falou das verdades, que eu esqueci no caminho

Eu já havia perdido a razão de viver
Eu já havia esquecido, a herança que tinha de ter

Ele olhou em meus olhos
Foi então que falou
Procura-me dentro de ti, verás que já não estou
Teu corpo a caminho do norte
Tua alma a caminho do sul
O espírito a caminho da morte
Me digas então onde estou!

Eu já havia perdido a razão de viver
Eu já havia esquecido a herança que tinha de ter

Com palavras ordeiras lembrou-me
Por onde havia passado
Sempre dois rastros ficaram
Por que sempre estive ao seu lado
Depois, o vento do mundo, soprou te jogando no solo
Mas ainda guardo a memória
Que carreguei te no colo!

Fui teus pecados na cruz
Na dor, eu fui teu remédio
Nas trevas eu fui tua luz
E às vezes curei o seu tédio

Não podes dizer mais quem sou
Dentro de tua existência
Mas ainda sentes que sou, de tudo
A maior recompensa

Sou sua luz sou seus passos
Sou sua paz seu vigor
Sou tudo e o nada desfaço
Pra sempre sou teu salvador!

Sou tudo e o nada desfaço
Pra sempre sou teu salvador!

Terra Música feedback