Letras de músicas - Letras.mus.br

Tô Boladão

Mc Felipe Boladão

Senhor me faça forte pra poder continuar
Guerreiro da favela com o lema de ganhar
Não vem pagar de quinze se não for porra nenhuma
O bagulho é serio neguin, deixa biruta

Ronaldo e Thiago vem brincando com as palavras
Sei que o bagulho é louco e eu exalto minha quebrada
Boladão é nóis que tamo, vem em tranquilidade
Nós seguimos em frente paz, justiça e liberdade

Humilde no extremo que é pra suportar o ódio
Pra quem desacredita, vão nos ver no pódio
Senhor me faça forte, eu sei que a luta é a minha vida e
Forças pra continuar, provar pra quem desacredita

Medalha da vitória estampada no meu peito
Diante aos maus olhados eu seja sempre o bom guerreiro
Eu to aqui pra mostrar, vim provar o meu respeito
Humildemente é nóis, a voz do gueto

Tô boladão e quero ouvir sua voz
E aí neguin' ? fala que é nóis, que é nóis
To boladão e eu não vou marcar toca
Sou contra a opressão e a favor da vida louca

Tô boladão e quero ouvir sua voz
E aí neguin' ? fala que é nóis, que é nóis
Tô boladão e eu não vou marcar toca
Sou contra a opressão e a favor da vida louca

Oh, oh, oh, oh

Senhor me faça forte pra poder continuar
Guerreiro da favela com o lema de ganhar
Não vem pagar de quinze se não for porra nenhuma
O bagulho é serio neguin', deixa biruta

Ronaldo e Thiago vem brincando com as palavras
O bagulho é louco e eu exalto minha quebrada
Boladão é nois que tamo, vem em tranquilidade
Nós seguimos em frente paz, justiça e liberdade

Humilde no extremo que é pra suportar o ódio
Pra quem desacredita ainda vão nos ver no pódio
Senhor me faça forte, eu sei que a luta é a minha vida
Forças pra continuar, provar pra quem não acredita

Medalha de vitória estampada no meu peito
Diante aos maus olhados eu seja sempre o bom guerreiro
Tô aqui pra mostrar e provar o meu respeito
Ronaldo e Thiago, boladão é a voz do gueto

Tô boladão e quero ouvir sua voz
E aí neguin' ? fala que é nóis, que é nóis
Tô boladão e eu não vou marcar toca
Sou contra a opressão e a favor da vida louca

Tô boladão e quero ouvir sua voz
E aí neguin' ? fala que é nóis, que é nóis
Tô boladão e eu não vou marcar toca
Sou contra a opressão e a favor da vida louca

Oh, oh, oh, oh

Eu tenho um padrão sem essa de informalidade
O respeito é muito e se reflete na igualdade
Menor desorientado já partiu pra vida louca
Por falta de estrutura, suas opções são poucas
Eu tenho um contexto, eu tenho uma visão da vida
Que sem educação, a opção é a vida bandida

Eu sei que a vida é louca
E plenamente eu penso assim
Da exigência pra covarde
A vitória é tudo pra mim

Tô boladão e quero ouvir sua voz
E aí neguin' ? fala que é nóis, que é nóis
Tô boladão e eu não vou marcar toca
Sou contra a opressão e a favor da vida louca

Tô boladão e quero ouvir sua voz
E aí neguin' ? fala que é nóis, que é nóis
Tô boladão e eu não vou marcar toca
Sou contra a opressão e a favor da vida louca

Oh, oh, oh, oh

Composição: Sabe quem é o compositor? Envie pra gente.
Enviada por Sarah
Legendado por Sarah
  • Legenda
  • Cifra
  • Ouvir música
  • Fotos
  • Vídeos
  • Imprimir
  • Corrigir
  • Enviar letra para...
6.739 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais