Architecture Of Aggression

Megadeth

exibições 11.442

Architecture Of Aggression

Born from the dark,
In the black cloak of night
To envelop its prey below,
Deliver to the light
To eliminate your enemy,
Hit them in their sleep,
And when all is won and lost,
The spoils of wars are yours to keep

Great nations built from the bones of the dead,
With mud and straw, blood and sweat,
You know your worth when your enemies
Praise your architecture of aggression

Ensuing power vacuum,
A toppled leader dies
His body fuels the power fire,
And the flames rise to the sky
One side of his face a kiss,
The other genocide
Time to pay with your ass,
A worldwide suicide

Great nations built from the bones of the dead,
With mud and straw, blood and sweat,
You know your worth when your enemies
Praise your architecture of aggression

Born from the dark,
In the black cloak of night
To envelop its prey below,
Deliver to the light
To eliminate your enemy,
Hit then in their sleep,
And when all is won and lost,
The spoils of war are yours to keep

Great nations built from the bones of the dead,
With mud and straw, blood and sweat,
You know your worth when your enemies
Praise your architecture of aggression

Arquitetura da Agressão

Nascido da escuridão
No manto negro da noite
Para cercar sua presa
Entregue à luz
Para eliminar seus inimigos
Acerte-os em seus sonos
E quando tudo estiver ganho e perdido
As presas de guerras serão suas para guardar

Grandes nações se ergueram dos ossos dos mortos
Com lama e palha, sangue e suor
Você sabe o seu preço quando os seus inimigos
Louvam a sua arquitetura da agressão

O poder vazio resultante
Um líder tombado morre
Seu corpo abastece o fogo do poder
E as chamas sobem para o céu
De um lado de seu rosto, um beijo
Do outro, genocídio
É hora de pagar com o seu rabo
Um suicídio mundial

Grandes nações se ergueram dos ossos dos mortos
Com lama e palha, sangue e suor
Você sabe o seu preço quando os seus inimigos
Louvam a sua arquitetura da agressão

Nascido da escuridão
No manto negro da noite
Para cercar sua presa
Entregue à luz
Para eliminar seus inimigos
Acerte-os em seus sonos
E quando tudo estiver ganho e perdido
As presas de guerras serão suas para guardar

Grandes nações se ergueram dos ossos dos mortos
Com lama e palha, sangue e suor
Você sabe o seu preço quando os seus inimigos
Louvam a sua arquitetura da agressão

Terra Música
feedback