Hane

Mucc

exibições 26

Hane

Saishuu no basu ni yurare nanto naku kurikaesu gaitou wo nagametemasu
Hiji wo tsuita jibun to nemuri kake no machinami wa bonyari to kousashiteku

Yagate owaru koto wo shitte sayonara wo nomikonda to shitemo
Doushite omoi no darou kawaranu keshiki no naka ni potsuri

Amaoto ga jikan wo tometa mahishita kankaku wo tokashite
Aimai na kokoro wo nurashita yoru

Saishuu no basu wa gatagoto oto wo tate minareta machinami wo hashitteyuku
Kyou mo ainiku amemoyou mado garasu no suiteki ga nijiiro ni kagayaite wa

Kieta maru de ima no boku wa uso wo tsuita kodomo wo youda to
Doushite omou no darou kawaranu keshiki no naka ni potsuri

Nemurenai machi no katasumi semai sora nagame naiteita
Ai wo kure aishiteokure hora
Konna ni mo afureteru no ni doushite boku ni wa kurenai no
Koko wa doko ? Daisuki na kimi wa doko ?

Aitai yo imasugu kimi ni mou matteru no mo tsukareta yo
Nande daro kyou no boku wa

FUWAFUWA to sora wo tonderu kimi no machi wo miorosukurai
Yume na no kana konna fuu ni tobetara ii na
Amaoto ga subete wo tometa
Futari no negai wa nagareteshimatta
Konna ni mo mujou na yoru no naka e

Saishuu no basu wa boku wo miokutte
Kimi no matsu basho e

Pena

Balançando de um lado para o outro no último ônibus, eu olho fixamente sem rumo para as repetitivas luzes da estrada
Eu, com meus cotovelos apoiados, e as ruas sonolentas da cidade trocamos olhares turvos

Embora eu poderia engolir palavras de adeus, sabendo que isso eventualmente acabará
Por que eu ainda tenho sentimentos? Uma pequena gota em meio ao cenário imutável

O som da chuva caindo parou o tempo, derreteu os meus
sentidos dormentes e lavou meu coração ambíguo

O último ônibus faz ruídos enquanto dirige pelas ruas da familiar cidade
Infeliz chuva novamente, enquanto os pingos caem sobre a janela, brilham em cores do arco íris

Eles desaparecem, como se dissessem que tornei-me como uma criança mentirosa
Por que eu começo a ponderar como uma pequena gota em meio ao cenário imutável?

No canto de uma cidade agitada, chorei enquanto fitava o pequeno céu
Dê-me amor, me ame, vamos
Por que não existe nenhum para mim quando há tanto em abundância?
Onde estou? Onde você está, meu amor?

Eu quero te ver agora, estou cansado de esperar
Eu me pergunto por que hoje sou....

Delicadamente voando para os céus, como se fosse observar por cima de sua cidade
Isso é um sonho? Eu queria voar no vento dessa forma
O som da chuva parou tudo
Nossos desejos foram lavados
Numa noite tão cruel

O último ônibus me viu lá fora
E dirigiu-se até onde você aguardava

Terra Música feedback