Dead To The World

Nightwish

exibições 32.937

Dead To The World

All the same take me away
We're dead to the world

The child gave thought to the poet's world
Gave comfort to the Fallen
(Heartfelt, lovelorn)

Remaining, yet still uninvited
Those words scented my soul
(Lonely soul, Ocean soul)

It's not the monsters under your bed
It is the Man next door
That makes you fear, makes you cry,
Makes you cry for the child
All the wars are fought among those lonely men
Unarmed, unscarred

I don't want to die a scarless man
A lonely soul
(Tell me now what to do)

I studied silence to learn the music
I joined the sinful to regain innocence

Heaven queen, cover me
In all that blue
Little boy, such precious joy
Is dead to the world

Heaven queen, carry me
Away from all pain
All the same take me away
We're dead to the world

Dead, silent, constant
Yet always changing
- My favorite view of this world

As he died, he will return to die in me again
Weaving the cloth, giving birth to the Century Child
Who gave his life not for the world but for me
Innocence reborn once more

Heaven queen, carry me
Away from all pain
All the same take me away
We're dead to the world

Heaven queen, cover me
In all that blue
Little boy, such precious joy
Is dead to the world

Heaven queen, carry me
Away from all pain
All the same take me away
We're dead to the world

We're dead to the world

Morto Para o Mundo

Tudo o mesmo, leve-me embora
Estamos mortos para o mundo

A criança deu pensamento ao mundo do poeta
Deu conforto ao Caído
(Sincero, apaixonado)

Remanescendo, embora ainda não convidado
Tais palavras perfumaram minha alma
(Alma solitária, alma do Oceano)

Não são os monstros debaixo da cama
É o Homem na porta
Que te faz temer, que te faz chorar,
Faz-te chorar pela criança
Todas as guerras são travadas entre aqueles homens solitários
Sem armas, sem ferimentos

Eu não quero morrer como um homem sem cicatrizes
Uma alma solitária
(Diga me agora o que fazer)

Eu estudei o silêncio para aprender a música
Eu me juntei ao pecaminoso para recuperar a inocência

Rainha do paraíso, proteja-me
Em toda aquela tristeza
Pequeno menino, alegria tão preciosa,
Está morto para o mundo

Rainha do paraíso, carregue-me
Para longe de toda aquela dor
Tudo o mesmo, leve-me embora
Nós estamos mortos para o mundo

Morto, silencioso, constante
Ainda que sempre mudando
Minha visão favorita deste mundo

Assim como ele morreu, ele retornará para morrer novamente em mim
Tecendo o tecido, dando a luz à Criança do Século
Quem lhe deu a vida, não para o mundo, mas para mim
Inocência renascida mais uma vez

Rainha do paraíso, carregue-me
Para longe de toda a dor
Todos os iguais me levem embora
Nós estamos mortos para o mundo

Rainha do paraíso, proteja-me
Em toda aquela tristeza
Pequeno menino, alegria tão preciosa
Está morto para o mundo

Rainha do paraíso, carregue-me
Para longe de toda a dor
Todos os iguais me levem embora
Nós estamos mortos para o mundo

Estamos mortos para o mundo

Terra Música
feedback