Refúgio para minha dor

Noite Ilustrada

exibições 3.041

A gente anda tanto
Em cada canto
A procura é sempre pela paz
E nesse andar constante
Lá muito adiante a gente vê
Que ela ficou para trás

Daí voltar não tem mais jeito
O que foi feito foi
Nem dá pra lamentar
Então olhamos
Para dentro de nós mesmos
E nos dê tempos pra chorar

Por isso eu me identifico
Com o compasso
Neste samba onde eu faço
Um refúgio para minha dor
Porque meu samba
É o meu sossêgo, meu alento
E há de prosseguir no tempo
Quando eu me for

0 comentários
Terra Música feedback