Letras de músicas - Letras.mus.br

What Do You Think Will Happen Now?

The difficulties of my story:
Despite discomforts, despite myself, I
I reaffirm my endless devotion
To the belief that we're all of value,
We're all of virtue, and so inclined we
Fill up our cups and toast to each other,
And though I listen to the arguments
That most divergent systems employ to

Debilitate us, delineate us,
Repackage our words, demystify us,
I unceasingly affirm my love can
Cannot be measured, cannot be altered.
I know, I know it, I do affirm it
With overzealous obscurantism.
With every word and with every gesture,
I must express it. I can't define it,
But all the same I know I can describe it:

I walk o'er bridges and see the river.
A marble statue the sun has weather'd.
The stubbornness of the overgrowth and
The old memorials covered in snow. We've
Written the way the universe will go.
A righteous white horse, a man with a bow.
A sharpened bit of the mistletoe.
Scissors of fate or the fire of Surtur.
Though we're divided, the force of nature
Will put us all in the ground together

This morning I must get up
To see the world around me.
Right away, what I forgot
In seeing ourselves as words upon a paper.

The sun is up.
My arms are wide.
I am a good man, I am yours.

O Que Você Acha Que Vai Acontecer Agora?

As dificuldades da minha história:
Apesar do desconforto, apesar de mim, eu
Eu reafirmo a minha eterna devoção
À crença de que somos todos valorosos
Somos todos virtuosos, e tão inclinados que
Preenchemos nossas taças e brindamos uns aos outros
E embora eu dê ouvidos aos argumentos
De que os sistemas mais divergentes empregam para

Nos debilitar, nos delinear
Distorcer nossas palavras, nos desmistificar
Eu incessantemente afirmo que o meu amor não
Não pode ser medido, não pode ser alterado
Eu sei, eu sei disso, eu reafirmo
Com o mais zeloso obscurantismo
Com cada palavra e com cada gesto
Devo expressar. Eu não posso definir isto
Mas ainda assim eu sei que posso descrevê-lo:

Eu ando pelas pontes e vejo o rio
Uma estátua de mármore que ao sol foi exposta
A teimosia do já crescidos e
Os antigos memoriais cobertos de neve. Nós
Escrevemos a maneira que o Universo avança
Um justo cavalo branco, um homem com um arco
Um pedaço afiado de visco
Tesoura do destino ou o fogo de Surtur
Embora estejamos divididos, a força da natureza
Irá nos enfiar todos juntos sob a terra

Esta manhã eu devo me levantar
Para ver o mundo ao meu redor
Dessa forma, o que esqueci
Ao ver-nos como palavras sobre o papel

O sol está a pino
Meus braços estão abertos
Eu sou um homem bom. Eu sou seu.

Composição: Owen Pallett · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Luan
Traduzida por Caesar
228 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais