Cemetery Gates

Pantera

exibições 255.983

Cemetery Gates

Reverend, reverend
Is this some conspiracy?
Crucified for no sins
An image beneath me
Whats within our plans for life
It all seems so unreal
I'm a man cut in half in this world
Left in my misery...

The reverend he turned to me
Without a tear in his eyes
It's nothing new for him to see
I didn't ask him why
I will remember
The love our souls had
Sworn to make
Now I watch the falling rain
All my mind can see
Now is your (face)

Well I guess
You took my youth
I gave it all away
Like the birth of a
New-found joy
This love would end in rage
And when she died
I couldn't cry
The pride within my soul
You left me incomplete
All alone as the memories now unfold.

Believe the word
I will unlock my door
And pass the
Cemetery gates

Sometimes when I'm alone
I wonder aloud
If you're watching over me
Some place far abound
I must reverse my life
I can't live in the past
Then set my soul free

Belong to me at last
Through all those
Complex years
I thought I was alone

I didn't care to look around
And make this world my own
And when she died
I should've cried and spared myself some pain...
You Left me incomplete
All alone, as the memories still remain

The way we were
The chance to save my soul
And my concern is now in vain
Believe the word
I will unlock my door
And pass the cemetery gates

The way we were
The chance to save my soul
And my concern is now in vain

Believe the word
I will unlock my door
And pass the cemetery gates
Gates
Gates

Portões do Cemitério

Reverendo, reverendo
Isto é algum tipo de conspiração?
Crucificado por nenhum pecado
Uma imagem embaixo de mim
O que estava em nossos planos para a vida
Tudo isso parece tão irreal
Sou um homem dividido em dois neste mundo
Abandonado em minha miséria...

O reverendo virou-se pra mim
Sem nenhuma lágrima nos olhos
Não é novidade alguma para ele ver
Que eu sequer perguntei por quê
Eu recordarei
Do amor que nossas almas
Juraram criar
Agora eu observo a chuva que cai
E tudo o que minha mente consegue enxergar
Agora é a sua (face)

Bem, eu acho que
Você levou minha juventude
Eu lhe entreguei tudo
Como o nascimento de uma
Alegria recém-descoberta
Este amor terminaria em raiva
E quando ela morreu
Eu não pude chorar
O orgulho dentro da minha alma
Você me deixou incompleto
Completamente só como as memórias que agora desvelam-se

Acredite na palavra
Eu destrancarei minha porta
E adentrarei
Os portões do cemitério

Às vezes quando estou só
Eu penso em voz alta
Se você está me observando
De algum lugar aí de cima
Eu preciso mudar minha vida
Eu não posso viver no passado
Então liberte minha alma

É culpa minha, afinal
Através de todos aqueles
Anos complexos
Pensei que eu estava só

Eu não me importava em olhar ao redor
E fazer deste mundo o meu
E quando ela morreu
Eu deveria ter chorado e me poupado de um pouco de dor
Você me deixou incompleto
Completamente só, como as memórias que ainda permanecem

A maneira que éramos:
A chance de salvar minha alma
E minha preocupação é agora em vão.
Acredite na palavra,
Eu destrancarei minha porta
E adentrarei os portões do cemitério.

A forma como eramos
A chance de salvar minha alma
E a minha preocupação é agora em vão

Acredite na palavra
Eu destrancarei minha porta
E adentrarei os portões do cemitério
Portões
Portões

Terra Música
feedback