Aos Olhos do Tempo

Paula Fernandes

exibições 92.157

Pensei em palavras que trouxessem você
Palavras bonitas, de certo aflitas
Perdendo a razão pra te ver

Num tom de romance uma voz que entoasse
No embalo do sonho profundo Pressa de te ter
Palavras vividas, quem sabe em outras vidas
Num passe de mágica, então, poderia ser

Alguém que te inspira, o ar que respira
Juro, eu lhe faria viver outro grande amor
Seria de novo, bem mais que vontade
A necessidade que o tempo não apagou

Pensei em palavras que trouxessem você
Palavras bonitas, de certo aflitas
Perdendo a razão pra te ver

Num tom de romance uma voz que entoasse
No embalo do sonho profundo Pressa de te ter
Palavras vividas, quem sabe em outras vidas
Num passe de mágica, então, poderia ser

Alguém que te inspira, o ar que respira
Juro, eu lhe faria viver outro grande amor
Seria de novo, bem mais que vontade
A necessidade que o tempo não apagou
Alguém que te inspira, o ar que respira
Juro, eu lhe faria viver outro grande amor
Seria de novo, bem mais que vontade
A necessidade que o tempo não apagou

O amor aos olhos do tempo
Não se vai
Meu amor a cada momento
Aumenta mais

Alguém que te inspira, o ar que respira
Juro, eu lhe faria viver outro grande amor
Seria de novo, bem mais que vontade
A necessidade que o tempo não apagou

Alguém que te inspira, o ar que respira
Juro, eu lhe faria viver outro grande amor
Seria de novo, bem mais que vontade
A necessidade que o tempo não apagou
Alguém que te inspira, o ar que respira
Juro, eu lhe faria viver outro grande amor
Seria de novo, bem mais que vontade

0 comentários
Terra Música feedback