Letras de músicas - Letras.mus.br

Otários Fardados

Pavilhão 9

Corra não de motivos pra eles que querem te fuder
Pois num vacilo seu, você pode crer
Que a geral é feita com malícia e sua vida... Se encontra em mãos da polícia
Sem se justificar descem o pau em você abusam demais, abusam do poder
Direitos humanos o caralho!
Comigo não e na calada da noite morre mais um irmão
E é só depois de muito termpo que chega a perícia então eu digo, cuidado com a polícia
Pois eu sei que a maioria sao despreparados
Vidrados e tocados por crimes de televisão
Sempre aparecem na hora errada
E como sempre, sempre foi desinformada
Nada fazem, não fazem nada
190 levamos como piada

Otários fardados
Chamados policiais
Otários fardados
Não somos marginais

Com a farda passada, exigem respeito
Calibre na mão, emblema no peito
então se acham no direito de espancá-lo até a morte
Talvez tenha sorte, não morra!
QUE PORRA! são pagos pra isso!
Consomem nosso dinheiro ganhado com sacrificio
E se pararmos pra pensar qual a conclusão?
A quem devemos temer? Polícia ou ladrão?

Não temos nenhum envolvimento com esses policiais
que escodem em sua fardas serem grandes marginais.
Se julgam maiorais acima de nós,
tiram o nosso direito se julgam mais que o povo, porém...
Julgamos a lei incapacitada e repetimos:
190 levamos como piada.

6.388 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais