Letras de músicas - Letras.mus.br

Ninguém Tasca (O Gavião)

Pedrinho Rodrigues

(Coro)
Essa Nêga é minha
Essa não
Essa Nêga é minha
Essa não

Vou dar bolacha em que mexer com a minha Nêga
Já dei colher demais, agora chega
Há dez mulheres para cada um no Rio de Janeiro
A Nêga é minha, ninguém tasca, eu vi primeiro, ôooi
A Nêga é minha, ninguém tasca eu vi primeiro

Diz!

(Coro)
A Nêga é minha, ninguém tasca, eu vi primeiro, ôooi
A Nêga é minha, ninguém tasca eu vi primeiro

Quando ela estava naquela
Pindaíba que fazia gosto
Não havia nenhuma costela
Querendo olhar pro seu rosto
Hoje ela anda bonita
E vive no meu barracão

(Coro)
Um, dois, três
Fica assim de gavião, ôooi
No meu barraco, fica assim de gavião...

Composição: Mario Pereira / Joao Quadrado · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Odracir
5.860 exibições
Ver mais fotos

Comentários


Quem curte?
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais