Every You Every Me

Placebo

exibições 271.021

Every You Every Me

Sucker love is heaven sent
You pucker up, our passion's spent
My heart's a tart, your body's rent
My body's broken, yours is bent

Carve your name into my arm
Instead of stressed, I lie here charmed
'Cause there's nothing else to do
Every me and every you

Sucker love, a box I choose
No other box I choose to use
Another love I would abuse
No circumstances could excuse

In the shape of things to come
Too much poison come undone
'Cause there's nothing else to do
Every me and every you

Every me and every you
Every me

Sucker love is known to swing
Prone to cling and waste these things
Pucker up for heavens sake
There's never been so much at stake

I serve my head up on a plate
It's only comfort, calling late
'Cause there's nothing else to do
Every me and every you

Every me and every you
Every me

Like the naked leads the blind
I know I'm selfish, I'm unkind
Sucker love I always find
Someone to bruise and leave behind

All alone in space and time
There's nothing here but what here's mine
Something borrowed, something blue
Every me and every you

Every me and every you
Every me

Cada Eu E Cada Você

Amor tolo é enviado do céu
Você se enruga, nossa paixão se esgarça
Meu coração é uma puta, seu corpo é alugado
Meu corpo está quebrado, o seu está torto

Entalhe seu nome no meu braço
Ao invés de irritado, eu me deito aqui encantado
Porque não há mais nada a fazer,
Cada eu e cada você

Amor tolo, uma cela que eu escolho
Nenhuma outra cela eu escolho ter
Outro amor do qual eu abusaria
Circunstância alguma poderia justificar

Na forma das coisas por vir
Veneno demais perde o efeito
Porque não há mais nada a fazer
Cada eu e cada você

Cada eu e cada você,
Cada eu...

Amor tolo é conhecido por oscilar
Propenso a se agarrar e desperdiçar estas coisas
Se enrugue pelo amor de Deus
Nunca houve tanto em jogo

Eu sirvo minha cabeça em um prato
É apenas conforto, ligando tarde
Porque não há mais nada a fazer,
Cada eu e cada você

Cada eu e cada você,
Cada eu...

Como o nu guia os cegos
Eu sei que sou egoísta, eu sou grosseiro
Amor tolo eu sempre acho
Alguém para ferir e deixar para trás

Completamente sozinho no espaço e tempo
Não há nada aqui mas o que há aqui é meu
Algo emprestado, algo azul
Cada eu e cada você.

Cada eu e cada você,
Cada eu...

Composição: Brian Molko / Stefan Olsdal / Steve Hewitt · Esse não é o compositor? Nos avise.
Legendado por amysixx_6, neyn e mais 2
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.
0 comentários
Terra Música feedback