Letras de músicas - Letras.mus.br

Eu compreendi vai ser pior pra mim, mas quantas vezes resisti e mesmo assim, tipo um soro positivo que lutou até o fim, penso o que Jesus diria se estivesse aqui, Homem de pequena fé olha bem pra mim, algo me diz que Ele jamais esteve longe de mim, a mesma cena se repete muitas vezes de novo, atropelando a esperança sem prestar socorro, eu queria procurar e encontrar abrigo nas esquinas, ao invés de temer maus tratos e chacinas, queria não precisar correr nem me esconder, ah como eu queria alguém pra me compreender, queria calor pra me aquecer na noite fria, algo pra preencher a minha vida tão vazia, um motivo pra ajudar a me erguer, algo que renovasse a minha cede de vencer, ao invés de sangue queria harmonia, sentir o cheiro de rosas ao invés de cocaína, sair andar sem me preocupar, correr voar sem limites pra sonhar, sem grade pra me trancar, sem fogo pra me queimar, sem medo de acreditar, com algo a confiar, queria fazer o bem sem olhar a quem, chegar no topo sem pisar em ninguém, pra fazer o mal o cara e quente, sujeito homem, se e pra fazer o bem os macho some, pode crer que eu queria não me apavorar, crer na palavra do Deus vivo que abriu o mar, ser instrumento de paz e de alegria, e não usado como vaso da patifaria, se o Senhor da eternidade nasceu em uma estrebaria, algo me diz que Ele pode nascer em minha vida.

Muita fé porque a guerra só se vence assim, dinheiro com sangue é influência ruim,
Só se vence assim, se vence assim, só se vence assim

Eu sei tá desse jeito, Provérbio X mó respeito, é uma vida convivendo com os veneno no gueto, vários desacertos, de brinde só sofrimento e dor, mais muita fé e muito amor, Deus é mais, sofredor demoro, enfrenta o mundo, tempo não para irmão, à vida passa em num segundo, uns dias atrás, uma bicicleta era um sonho, e meu filho Alexandre hoje já tem nove anos, papai onde é que você esta? Mariane estou aqui em Brasília, vou pedir pro Papai do Céu te fazer companhia, tá bom, fica com Deus e obedeça a sua mãe, que ti criou com muito amor, merece champanhe, tudo de bom, infelizmente só tive esse dom, o rap ainda não deu pra dar pra vocês tudo do bom, mas ta firmão, o importante é ter fé e saúde, humildade pra ninguém ter um ah que falar da atitude, nunca se ilude porque o inimigo é astuto ele fez eu perder suas infâncias, atrás de dinheiro sujo, que não virou, que não adiantou, não teve valor e nas madrugadas a maldade operou, brindou sem miséria, com o zé debuinha, o wiski em meio aos vermes, pra me ver como sereal kiler, agonizando providenciando o fim triste protagonizando a cena que ele mesmo define, não subestima irmão, o mundo é mal intencionado, quem é pra frente sempre acaba em um caixão lacrado, já condenado é aquele quem em Deus não crê. Ultimamente sou grato a Cristo até pelo ar que espiro, por deixar viver se poeta e bandido, arrependido e merecedor desprezo e dor, pro pecador Jesus olhou, algema não deixou, Flagrante, adesert Ivo no cativeiro, pra mais tarde, eu não amanhecer rajado em um bueiro, permanecer no erro descaso brasileiro, com varias no peito porque não me formei em direito, não sou herdeiro, não nasci com sangue azul, num berço de ouro, roubado por alguém do lago sul, um impulso pra mim ter disposição na artéria rimar por mais justiça menos miséria, baixa atmosfera, encontrar os cleptomaníacos hereditários, porque no olhar de cada um só vejo um homem frustrado, passado aprisionado, emprego negado, diretos violados, atirando, vendo a família sem nada no prato, ta tudo errado mas a guerra não se vence assim, dinheiro com sangue é influencia ruim...que sirva pra você que sirva pra mim, não faz seu moleque um ausente que para os boys foi só um neguinho , o nosso rap fortalece mais os fracos, os sofredor, se identifica, mas não absorve os recados, é embaçado por quase nada você vê que o crânio em pedaços ali nunca se espelho em você, que segue a risca, profetiza, mostra a saída, de terno e gravata com o estomago vazio no sol quente com a Bíblia, se o gladiador ainda provoca a sangria, quem sabe um dia prevaleça a sabedoria...


Muita fé porque a guerra só se vence assim, dinheiro com sangue é influencia ruim,
Só se vence assim, se vence assim, só se vence assim


Mas o fraco não alcança as palavras do Céu alimenta a esperança, pois Ele é fiel, basta fazer o seu papel,
Minha armadura de guerra rara na terra infalível se chama coragem, ter perseverança, as metas alcanço estou sempre em alta voltagem, eu tento ser forte, os laços da morte querem me sufocar , mas creio em Cristo, que reina, esta vivo, e um dia ira voltar, tudo que passa é duro de fato, mas tenho a solução, Jesus é a saída, a alternativa sem Ele não a salvação, a fita é bem louca, cheia de toca, nunca te deram em paz, o dinheiro, a ganância, o ódio, a vingança, de Deus se tornam rivais, olhe pra frente liberte sua mente, o que importa é não vacilar, sou Nicole guerreira de Deus mensageira tentando o caminho mostrar, a fé vai alem do que você pode enxergar.


Muita fé porque a guerra só se vence assim, dinheiro com sangue e influencia ruim,
Só se vence assim, se vence assim, só se vence assim

Composição: Isaias Jr, Flagrante (Realidade Cruel), Nicole, Dj. · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Matheus
59.195 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais