Common People

Pulp

exibições 24.821

Common People

She came from Greece she had a thirst for knowledge
She studied sculpture at St. Martin's college
That's where I
Caught her eye
She told me that her dad was loaded
I said "in that case I'll have rum and coca-cola"
She said "fine"
And then in thirty seconds time she said
"I want to live like common people
I want to do whatever common people do
I want to sleep with common people
I want to sleep with common people like you."
Well what else could I do?
I said "I'll see what I can do"

I took her to a supermarket
I don't know why, but I had to start it somewhere
So it started there
I said "pretend you've got no money"
But she just laughed an said "oh, you're so funny"
I said "yeah?
Well I can't see anyone else smiling in here
Are you sure you want to live like common people
You want to see whatever common people see
You want to sleep with common people
You want to sleep with common people like me?"
But she didn't understand
She just smiled and held my hand

Rent a flat above a shop
Cut your hair and get a job
Smoke some fags and play some pool
Pretend you never went to school
But still you'll never get it right
'Cos when you're laid in bed at night
Watching roaches climb the wall
If you called your dad he could stop it all
Yeah
You'll never live like common people
You'll never do whatever common people do
You'll never fail like common people
You'll never watch your life slide out of view
And then dance, and drink, and screw
Because there's nothing else to do

Sing along with the common people
Sing along and it might just get you through
Laugh along with the common people
Laugh along even though they're laughing at you
And the stupid things that you do
Because you think that poor is cool

Like a dog lying in a corner
They will bite and never warn you
Look out
They'll tear your insides out
(Something muffled underneath, maybe: I'm sorry
Mr .Dalton, there's no need to be concerned)
'Cos everybody hates a tourist
Especially one who thinks it's
All such a laugh
Yeah and the chip stain's grease will come out in the bath
You will never understand
How it feels to live your life
With no meaning or control
And with nowhere else to go
You are amazed that they exist
And they burn so bright whilst you can only wonder why

Rent a flat above a shop
Cut your hair and get a job
Smoke some fags and play some pool
Pretend you never went to school
But still you'll never get it right
'Cos when you're laid in bed at night
Watching roaches climb the wall
If you called your dad he could stop it all
You'll never live like common people
You'll never do what common people do
You'll never fail like common people
You'll never watch your life slide out of view
And dance, and drink, and screw
Because there's nothing else to do

I want to live with common people like you
I want to live with common people like you
I want to live with common people like you
I want to live with common people like you
I want to live with common people like you
I want to live with common people like you
I want to live with common people like you
I want to live with common people like you
Aa-aa-ah la la la la...
Oh, yeah

Pessoas Comuns

Ela veio da Grécia e tinha uma sede por conhecimento
Estudava escultura na faculdade de St. Martin
E foi aí que eu
Chamei sua atenção
Ela me disse que seu pai era ricaço
Eu disse "nesse caso eu vou pedir rum e coca-cola."
Ela disse "certo"
E depois de trinta segundos ela disse
"Eu quero viver que nem pessoas comuns
Eu quero fazer o que quer que pessoas comuns façam
Eu quero dormir com pessoas comuns
Eu quero dormir com pessoas comuns como você."
Bem, o que mais eu podia fazer?
Eu disse "eu vou ver o que posso fazer."

Eu a levei em um supermercado
Eu não sei por quê, mas eu tinha que começar em algum lugar
Então começou lá.
Eu disse "finja que você não tem dinheiro"
Mas ela apenas riu e disse "ah, você é tão engraçado"
Eu disse "é?
Bom, eu não vejo mais ninguém sorrindo aqui
Você tem certeza de que quer viver que nem pessoas comuns?
Que quer ver o que quer que pessoas comuns vêem?
Que quer dormir com pessoas comuns?
Que quer dormir com pessoas comuns como eu?"
Mas ela não entendeu
Ela apenas sorriu e segurou minha mão

Alugue um quartinho em cima de uma loja
Corte o cabelo e arranje um emprego
Fume uns cigarros e jogue bilhar
Finja que você nunca foi à escola
Mas ainda assim você não vai acertar
Porque quando você estiver deitada na cama à noite
Vendo baratas subindo nas paredes
Se você ligasse pro seu pai ele pararia tudo isso
É
Você nunca vai viver que nem pessoas comuns
Você nunca vai fazer o que quer que pessoas comuns fazem
Você nunca vai falhar que nem pessoas comuns
Você nunca vai ver sua vida escorrendo pelas mãos
E dançar, beber e trepar
Porque não há mais nada a se fazer

Cante junto com as pessoas comuns
Cante junto e talvez você se enturme
Ria junto com as pessoas comuns
Ria junto mesmo que elas estejam rindo de você
E das coisas estúpidas que você faz
Porque você acha ser pobre é legal

Como um cachorro deitado na esquina
Eles vão te morder sem avisar
Cuidado
Eles vão te rasgar por dentro
(Algo resmungado, talvez: me desculpe
Sr. Dalton, não há motivo para se preocupar)
Porque todo mundo odeia um turista
Especialmente aquele que pensa que
É tudo uma piada
E que a mancha de gordura de batatinha vai sair no banho
Você nunca vai entender
Como é viver a vida
Sem sentido nem controle
E sem lugar para ir
Você está se divertindo com a existência deles
E eles brilham tanto enquanto você só se pergunta por quê?

Alugue um quartinho em cima de uma loja
Corte o cabelo e arranje um emprego
Fume uns cigarros e jogue bilhar
Finja que você nunca foi à escola
Mas ainda assim você não vai acertar
Porque quando você estiver deitada na cama à noite
Vendo baratas subindo nas paredes
Se você ligasse pro seu pai ele pararia tudo isso
Você nunca vai viver que nem pessoas comuns
Você nunca vai fazer o que quer que pessoas comuns fazem
Você nunca vai falhar que nem pessoas comuns
Você nunca vai ver sua vida escorrendo pelas mãos
E dançar, beber e trepar
Porque não há mais nada a se fazer

Eu quero viver com pessoas comuns que nem você
Eu quero viver com pessoas comuns que nem você
Eu quero viver com pessoas comuns que nem você
Eu quero viver com pessoas comuns que nem você
Eu quero viver com pessoas comuns que nem você
Eu quero viver com pessoas comuns que nem você
Eu quero viver com pessoas comuns que nem você
Eu quero viver com pessoas comuns que nem você
Aa-aa-ah la la la la...
Oh, yeah

Composição: Candida Doyle / Jarvis Cocker / Nick Banks / Russell Senior / Steve Mackey · Esse não é o compositor? Nos avise.
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.
0 comentários
Terra Música feedback