Letras de músicas - Letras.mus.br

Vejo Depois

Rael da Rima

Quando eu me vi só nesse lugar
Eu pensei que preciso sair
Pra me libertar, seja com quem for
A minha vida é cantar, nunca no mesmo lugar
Seja sozinho ou a dois
O resto eu vejo depois

Mas só em pensar que eu beijava seu peito, sua boca, sua face
Tudo que eu pedisse só você que me desse
Ai, pensando Deus se esse quarto falasse
Mas que pena, já era, já era, já era, não vejo mais aquela tão bela e singela
E nem dá.
Porque... se eu ouço a voz dela é através de alô, se passou pela favela é porque alguém me falou
Então já que me deixou por aqui aprendi a viver um pouco sozinho
Mas o que posso fazer, fia, se eu gosto da boemia, se a noite pra mim é dia
Mas posso mudar, mas como isso é questão de tempo,
Então isso nem tenho muito nem curto fica de canto eu prefiro zoar

Quando eu me vi só nesse lugar
Eu pensei que preciso sair
Pra me libertar, seja com quem for
A minha vida é cantar, nunca no mesmo lugar
Seja sozinho ou a dois
O resto eu vejo depois

O Resto eu vejo depois, talvez pode ser
Que uma mina firmeza possa trombar no role
É isso deixa comigo é só seguir o sentido
E despertar libido, colar os pico florido
Mas não, pera la "xá" fala, não é assim
Para mim tem que ter valor, não é so chegar e abusar
Nem forjar, nem fingir que nem dá pra sentir o amor
Mó Fita, ela não confia mais em mim, acredita
No conto das mina que pra mim foi mó zica
Tava tudo claro, mas a cena complica e a saudade fica
Entao ja era ja era ja era
Nao vejo mais aquela tao bela e singela e nem da... por que...

Quando eu me vi só nesse lugar
Eu pensei que preciso sair
Pra me libertar, seja com quem for
A minha vida é cantar, nunca no mesmo lugar
Seja sozinho ou a dois
O resto eu vejo depois

Composição: Sabe quem é o compositor? Envie pra gente.
Enviada por Michel
Legendado por _dinhak
156.102 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais