Santa No Soy

RBD

exibições 404.889

Santa No Soy

No soy mujer de las que creen
Que entienden lo que es sentirse bien o mal
Nunca tendre las palabras que
Te digan cosas sin lastimarte

Sé que no es fácil
Hacer lo que quiero sin importarme
Puedes ser parte de mí
Déjame ir o será muy tarde

No te pido perdón
Pues sé que fue tu error
Ámame, déjame, búscame
Pero déjame seguir

Y dónde queda la parte de mí
Que nunca sabe hacia donde ir?
Si me equivoco, solo ámame
Déjame, búscame, quédate
Hasta que regrese a ti

Y dónde queda la parte de mí
Que nunca ha dado el corazón por ti?
No me entiendas, solo ámame
Déjame, búscame, quédate
Porque santa nunca fui

No soy mujer, de las que ven
Y juzgan todo tan solo con mirar
No soy igual que las demás
Que quieren las cosas que no les puedes dar

Ven y ayúdame a sentir
Que no necesito ya de nadie más y así
No me mate la verdad
Pues no soy igual, pero santa nunca fui

No te pido perdón
Pues sé que fue tu error
Ámame, déjame, búscame
Pero déjame seguir

Y dónde queda la parte de mí
Que nunca sabe hacia donde ir?
Si me equivoco, solo ámame
Déjame, búscame, quédate
Hasta que regrese a ti

Y dónde queda la parte de mí
Que nunca ha dado el corazón por ti?
No me entiendas, solo ámame
Déjame, búscame, quédate
Porque santa nunca fui

Y dónde queda la parte de mí
Que nunca sabe hacia donde ir?
Si me equivoco, solo ámame
Déjame, búscame, quédate
Hasta que regrese a ti

Y dónde queda la parte de mí
Que nunca ha dado el corazón por ti?
No me entiendas, solo ámame
Déjame, búscame, quédate
Porque santa nunca fui

Santa no soy y no seré

Y dónde queda la parte de mí
Que nunca sabe hacia donde ir?
Si me equivoco, solo ámame
Déjame, búscame, quédate
Hasta que regrese a ti

Y dónde queda la parte de mí
Que nunca ha dado el corazón por ti?
No me entiendas, solo ámame
Déjame, búscame, quédate
Porque santa nunca fui

Y dónde queda la parte de mí
Que nunca sabe hacia donde ir?
Si me equivoco, solo ámame
Déjame, búscame, quédate
Hasta que regrese a ti

Y dónde queda la parte de mí
Que nunca ha dado el corazón por ti?
No me entiendas, solo ámame
Déjame, búscame, quédate
Porque santa nunca fui

Santa Não Sou

Eu sou mulher das que acreditam
Quem entendem o que é sentir bem ou mal
Nunca terei as palavras que
Te digam coisas sem te ferir

Sei que não é fácil
Fazer o que quero sem me importar
Isso pode ser parte de mim
Deixe-me ir ou será muito tarde

Não te peço perdão
Pois sei que o erro foi seu
Me ame, me deixe, me busque
Mas me deixe seguir

E como eu fico?
Que nunca sei onde ir?
Se eu erro, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Até que eu volte a você

E como eu fico?
Que nunca dei o coração por você?
Não me entenda, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Porque nunca fui santa

Não sou mulher, das que veem
E julgam tudo só de olhar
Eu não sou igual às demais
Que querem as coisas que eles não podem dar

Vem ajuda-me a sentir
Que não preciso de ninguém mais e assim
Não me mate a verdade
Pois não sou igual, mas eu nunca fui santa

Não te peço perdão
Pois eu sei que o erro foi seu
Ame-me, deixe-me, encontre-me
Mas deixe-me ir

E como eu fico?
Que nunca sei onde ir?
Se eu erro, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Até que eu volte a você

E como eu fico?
Que nunca dei o coração por você?
Não me entenda, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Porque nunca fui santa

E como eu fico?
Que nunca sei onde ir?
Se eu erro, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Até que eu volte a você

E como eu fico?
Que nunca dei o coração por você?
Não me entenda, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Porque nunca fui santa

Santa não sou e não serei

E como eu fico?
Que nunca sei onde ir?
Se eu erro, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Até que eu volte a você

E como eu fico?
Que nunca dei o coração por você?
Não me entenda, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Porque nunca fui santa

E como eu fico?
Que nunca sei onde ir?
Se eu erro, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Até que eu volte a você

E como eu fico?
Que nunca dei o coração por você?
Não me entenda, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Porque nunca fui santa

0 comentários
Terra Música feedback