Sin Conocerte

Reik

exibições 6.585

Sin Conocerte

Tu boca sabe el camino que da mi corazon,
Tus besos son veneno que me llevan casi a la muerte
Y todo .... Sin Conocerte

Tus manos se conocen bien cada rincon de mi piel
Y tu sonrisa es el perfume que me enciende la vida
Y es una calle sin salida de mi amor

Sin Conocerte... me hes embrujado derrepente
Me hes condenado eternamente
A sentir que te he amado desde siempre
Y todo sin conocerte...

Cada segundo que respiro nace el aire de ti
Mis ojos se derriten todo el tiempo al verte venir
Eres dueña de mis sueños sin abrir

Sin Conocerte... me hes embrujado derrepente
Me hes condenado eternamente
A sentir que te he amado desde siempre
Y todo Sin Conocerte...

Y es que tu voz es como un mantra...
Que atrae la guerra y la paz a mi alma.... (( oh noo oh nooo ))

Sin - Co-no-cer-te
Sin - Co-no-cer-te
Sin Conocerteeeeeeeeee

Sin Conocerte... me hes embrujado derrepente
Me hes condenado eternamente
A sentir que te he amado desde siempre

Sin Conocerte... me hes embrujado derrepente
Me hes condenado eternamente
A sentir que te he amado desde siempre
Que te he amado desde siempre
Y todo Sin Conocerte...
Y todo Sin Conocerte... eee

Sem Conhecer-te

Sua boca sabe o caminho que da em meu coração
Seus beijos são venenos que me levam quase a morte
E tudo...Sem conhecer-te

Suas mãos conhecem bem cada recanto de minha pele
E seu sorriso é o perfume que me acende a vida
E é uma rua sem saída de meu amor

Sem conhecer-te...me enfeitiçou de repente
Me fez condenado eternamente
Sentindo que te é amado desde sempre
E tudo sem conhecer-te

Cada segundo que respiro nasce o ar de ti
Meus olhos se derretem todo o tempo ao ver-te vir
É dona de meus sonhos sem abrir

Sem conhecer-te... me faz enfentiçado de repente
Me faz condenado eternamente
Sentindo que te é amado desde sempre
E tudo sem conhecer-te

E é que tua voz é como um mantra
Que atrai a guerra e a paz em minha alma...(oh noo oh nooo)

Sem co-nhe-cer-te
Sem co-nhe-cer-te
Sem conhecer-teeeeeeee

Sem conhecer-te...me enfeitiçou de repente
Me fez condenado eternamente
Sentindo que te é amado desde sempre.

Sem conhecer-te... me faz enfentiçado de repente
Me faz condenado eternamente
Sentindo que te amo desde sempre
Que é amado desde sempre
E tudo sem conhecer-te
E tudo sem conhecer-te

Composição: Eduardo Osorio · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Liu, Traduzida por Liu
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.
0 comentários
Terra Música feedback