Konayuki

Konayuki mau kisetsu wa itsumosu surechigai
Hitogomi ni magirete mo onaji sora miteru no ni
Kaze ni fukarete nita you ni kogoeru no ni

Boku wa kimi no subete nado shitte wa inai darou
Soredemo ichi oku nin kara kimi wo mitsuketa yo
Konkyo wa nai kedo honki de omotterunda

Sasai na iiai mo nakute
Onaji jikan wo ikite nado ikenai
Sunao ni narenai nara
Yorokobi mo kanashimi mo munashii dake

Konayuki nee kokoro made shiroku somerareta nara ahh
Futari no kodoku wo wakeau koto ga dekita no kai

Boku wa kimi no kokoro ni mimi wo oshiatete
Sono koe no suru hou he sutto fukaku made
Orite yukitai soko de mou ichido aou

Wakariaitai nante
Uwabe wo nadeteita no wa boku no hou
Kimi no kajikanda te mo nigirishimeru
Koto dakede tsunagatteta no ni

Konayuki nee eien wo mae ni amari ni moroku ahh
Zara tsuku asufaruto no ue shimi ni natte yuku yo

Konayuki nee toki ni tayori naku kokoro wa yureru ahh
Sore demo boku wa kimi no koto mamori tsuzuketai ah

Konayuki nee kokoro made shiroku somerareta nara ahh
Futari no kodoku wo tsutsunde sora ni kaesu kara

Flocos Finos de Neve

Na época em que caem flocos finos de neve, a gente sempre se desencontra.
Apesar de ver o mesmo céu em meio à multidão
Tremendo como se tivéssemos sido soprados pelo vento

Talvez eu não conheça tudo de você
Mas descobri você entre cem milhões de pessoas
É o que eu acredito, mesmo sem fundamentos

É impossível viver o mesmo tempo
Sem discussões triviais
Se não dá para ser para sincero
Será tudo inútil, tanto na alegria quanto na tristeza

Flocos finos de neve, se tingissem até o coração de branco,
Seríamos capazes de compartilhar a nossa solidão?

Encostando o meu ouvido no seu coração
Quero seguir essa voz e descer até o fundo
Para a gente se encontrar de novo

Queria lhe entender melhor
Mas eu acariciava apenas a parte superficial
Sem saber que bastava apertar sua mão gelada
Para estarmos ligados

Flocos finos de neve, diante da eternidade, são tão frágeis
E se transformam em manchas sobre o asfalto áspero

Flocos finos de neve, o coração às vezes oscila
Mesmo assim quero continuar protegendo-a

Flocos finos de neve, se tingissem até o coração de branco
Cobririam a nossa solidão para levá-la de volta para o céu

Composição: Ryota Fujimaki · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Sâmella
Legendado por naaysz e outras 2 pessoas.
46.900 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais