Jogo de Damas

Roberto Carlos

exibições 26.031

Eu sei da sua vida e do seu passado
De um tempo perdido, irrecuperado
Eu sei da poeira de todos os seus passos
Das suas trapaças, dos seus abraços

Eu sei da sua fama e dos seus amores
Das suas proezas, dos seus dissabores
Da cor da sua roupa, do seu pouco valor
Você nessa vida foi só desamor

Dama, hoje alguém que te engana
Te veste de santa, não sabe porque
Te pisam, te xingam, ignoram a mulher
Não sabem que a dama existiu outro dia
Hoje a dama não passa de pedra perdida
Te veste de santa, não sabe porque
Te pisam, te xingam, ignoram a mulher
Não sabem que a dama existiu outro dia
Hoje é pedra perdida de um jogo qualquer

Conheço as paredes que guardavam segredos
E ações que por si não cobriam seus medos
A sua missão, as suas vontades
Razões que confirmam as duras verdades

Eu sei hoje em dia da sua vergonha
De olhar quem te olha, responder quem te chama
Pra quem te conhece você é vulgar
Pra quem nunca te viu, hoje quer te amar

Dama, hoje alguém que te engana
Te veste de santa, não sabe porque
Te pisam, te xingam, ignoram a mulher
Não sabem que a dama existiu outro dia
Hoje a dama não passa de pedra perdida
Te veste de santa, não sabe porque
Te pisam, te xingam, ignoram a mulher
Não sabem que a dama existiu outro dia
Hoje é pedra perdida de um jogo qualquer

Terra Música
feedback