Letras de músicas - Letras.mus.br

Tic-Tac

Sabotage

Levanto de manhã, ponho a cara na janela
Olho a rua, os olhos cheios de remela
Vejo vários camaradas andando por ali
Com algumas minas que eu já sai
Mas esqueço tudo isso e vou lavar o rosto
Desço para a rua, mas que cheiro de esgoto!
Deixo isso pra lá e fico na minha
Meio dia, sol quente, que tal uma sombrinha
Uma cerveja gelada pra esfriar a cabeça
Trocar uma ideia, sem arrumar treta
Aproveitar este momento e por que não o dia inteiro
Curtir na nossa área sem nenhum receio
Agora desce meia dúzia pra gente beber
E quem ficar bem louco, o coro vai comer
De repente pinta um rádio de onde veio ninguém viu
Cidade Tiradentes, zona leste, Brasil

Tic tac, o tempo vai passando
E a gente aqui sentado num banquinho conversando
Tic tac, o tempo vai passando
E a gente aqui sentado num banquinho conversando

Tic tac, o tempo vai passando
E a gente aqui sentado num banquinho conversando
Tic tac, o tempo vai passando
E a gente aqui sentado num banquinho conversando

Várias horas passadas, várias brejas tomadas
E a gente ainda sentado ali sem fazer nada
O vai e vem da garotada agita a quebrada
E o sol brilha no céu bronzeando a mulherada
É, tem vários na banca, então eu vou me agilizar
A ideia aqui é forte, o ruim de não pulsar
Sai fora Rasim, tá pensando o que?
Você quer saber, então eu vou lhe dizer
Eu tô ligado qual é a sua, não tente me enganar
Pois aqui a banca é nossa, ajoelhou tem que rezar
Pego na mão dela, vou pro meu apê
Aí, maluco, faz um peito que eu já volto prum rolê!

Tic tac, o tempo vai passando
E a gente aqui sentado num banquinho conversando
Tic tac, o tempo vai passando
E a gente aqui sentado num banquinho conversando

Tic tac, o tempo vai passando
E a gente aqui sentado num banquinho conversando
Tic tac, o tempo vai passando
E a gente aqui sentado num banquinho conversando

Eu demorei um pouco mais, desculpa aí
Atrasei nosso rolê, ainda dá para curtir
Andar por aí e tirar uma onda
Colar lá na praça onde está rolando um samba
Esquecer por um momento os problemas de nossa vida
E não ficar se lamentando sem dar uma saída
Tentar melhorar e ser feliz de verdade
Na zona leste, Tiradentes, a nossa cidade
O nosso dia-a-dia tem lados bons, lados ruins
Mas fazer o que, a vida é assim
Em questão de segundos você pode decidi-la
Pode arrumá-la como pode destruí-la
Mas tic tac, o tempo nunca vai parar
A não ser que o seu relógio velho venha a se quebrar
Ninguém mandou você comprar no Paraguai
Vai na frente que a gente vai atrás

Tic tac, o tempo vai passando
E a gente aqui sentado num banquinho conversando
Tic tac, o tempo vai passando
E a gente aqui sentado num banquinho conversando

Tic tac, o tempo vai passando
E a gente aqui sentado num banquinho conversando
Tic tac, o tempo vai passando
E a gente aqui sentado num banquinho conversando

Composição: Icy Lee(Cello) & Doctor Mc´s · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Maisa
60.388 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais