Possession

Sarah Mclachlan

exibições 23.093

Possession

Listen as the wind blows from across the great divide
voices trapped in yearning, memories trapped in time
the night is my companion, and solitude my guide
would I spend forever here and not be satisfied?

and I would be the one
to hold you down
kiss you so hard
I'll take your breath away
and after, I'd wipe away the tears
just close your eyes dear

Through this world I've stumbled
so many times betrayed
trying to find an honest word to find
the truth enslaved
oh you speak to me in riddles
and you speak to me in rhymes
my body aches to breathe your breath
your words keep me alive

And I would be the one
to hold you down
kiss you so hard
I'll take your breath away
and after, I'd wipe away the tears
just close your eyes dear

Into this night I wander
it's morning that I dread
another day of knowing of
the path I fear to tread
oh into the sea of waking dreams
I follow without pride
nothing stands between us here
and I won't be denied

and I would be the one
to hold you down
kiss you so hard
I'll take your breath away
and after, I'd wipe away the tears
just close your eyes...

Possessão

Ouça como o vento sopra vindo através da grande divisão
Vozes presas em desejos, memórias presas no tempo
A noite é minha companheira, e a solidão minha guia
Eu gastaria meu tempo pra sempre aqui e não me satisfaria?

E eu seria aquela
A segurá-lo forte
Beijá-lo com força
Deixá-lo sem respiração
E depois, eu enxugaria suas lágrimas
Apenas feche seus olhos querido

Por esse mundo eu tenho tropeçado
Tantas vezes traída
Tentando achar um mundo honesto achar uma palavra
A verdade livre
Oh você fala comigo em rimas
E você fala comigo em rimas
Meu corpo doe por respirar seu ar
Suas palavras me mantêm viva

E eu seria aquela
A segurá-lo forte
Beijá-lo com força
Deixá-lo sem respiração
E depois, eu enxugaria suas lágrimas
Apenas feche seus olhos querido

Por essa noite eu vago
É da manhã que eu tenho medo
Outro dia sabendo do
Caminho que tenho medo de pisar
Oh dentro do mar de sonhos lúcidos
Eu sigo sem orgulho
Nada nos prende aqui
E eu não serei negada

E eu seria aquela
A segurá-lo forte
Beijá-lo com força
Deixá-lo sem respiração
E depois, eu enxugaria suas lágrimas
Apenas feche seus olhos querido...

Terra Música feedback