Crazy

Seal

exibições 246.620

Crazy

In a church, by the face
He talks about the people going under

Only child know...

A man decides after seventy years
That what he goes there for, is to unlock the door
While those around him criticize and sleep...
And through a fractal on a breaking wall
I see you my friend, and touch your face again
Miracles will happen as we trip

But we're never gonna survive, unless...
We get a little crazy
No we're never gonna survive, unless...
We are a little...

Crazy... Crazy... Crazy...

Crazy yellow people walking through my head
One of them's got a gun, to shoot the other one
And yet together they were friends at school
Ohh, get it, get it, get it, get it no no!

If all were there when we first took the pill
Then maybe, then maybe, then maybe, then maybe...
Miracles will happen as we speak

But we're never gonna survive unless...
We get a little crazy
No we're never gonna survive unless...
We are a little...
Crazy...
No no, never survive, unless we get a little... Bit...

Oh, a little bit...
Oh, a little bit...

Amanda decides to go along after seventeen years...

Oh, darlin...
In a sky full of people, only some want to fly
Isn't that crazy?
In a world full of people, only some want to fly
Isn't that crazy?
Crazy...
In a heaven of people there's only some want to fly
Ain't that crazy?
Oh, babe... Oh, darlin...
In a world full of people there's only some want to fly
Isn't that crazy?
Isn't that crazy... Isn't that crazy... Isn't that crazy...

Ohh...
But we're never gonna survive unless, we get a little crazy... Crazy..
No we're never gonna to survive unless, we are a little... Crazy..
But we're never gonna survive unless, we get a little crazy... Crazy..
No we're never gonna to survive unless, we are a little... Crazy..
No no, never survive unless, we get a little bit...

And then you see things
The size
Of which you've never known before

They'll break it

Someday...

Only child know....

Them things
The size
Of which you've never known before

Someday...
(Someway... Someday... Someway... Someday... Someway... Someday...)

Louco

Em uma igreja, pelas feições
Ele fala sobre as pessoas que estão afundando

Uma única criança sabe...

Um homem decide depois de setenta anos
Que ele vai para lá é para destrancar a porta
Enquanto aqueles ao redor dele criticam e dormem...
E através do vão em um muro quebrado
Eu vejo você meu amigo e toco seu rosto de novo
Milagres irão acontecer como nós tropeçamos

Mas nós nunca vamos sobreviver, a menos que...
Nós fiquemos um pouco loucos
Não nós nunca vamos sobreviver, a menos que...
Nós sejamos um pouco...

Loucos... Loucos... Loucos

Pessoas loucas amarelas andando através da minha cabeça
Um deles conseguiu uma arma para atirar no outro
E ainda juntos eles eram amigos na escola
Ohh, tome isso, tome isso, tome isso, tome isso, não, não!

Se todos estivéssemos lá quando nós primeiro tomamos a pílula
Então talvez, então talvez, então talvez, então talvez...
Milagres irão acontecer enquanto nós falamos

Mas nós nunca vamos sobreviver, a menos que...
Nós fiquemos um pouco loucos
Não nós nunca vamos sobreviver, a menos que...
Nós sejamos um pouco...
Loucos...
Não, não, nunca vamos sobreviver, a menos que nós fiquemos um pouco... Pouquinho...

Oh, um pouquinho
Oh, um pouquinho

Amanda decide ir em frente após dezessete anos...

Oh, querida...
Em um céu inteiro de pessoas, somente alguns querem voar,
Isso não é louco?
Em um mundo inteiro de pessoas, somente alguns querem voar,
Isso não é louco?
Loucos...
Em um céu de pessoas há somente alguns que querem voar,
Isso não é louco?
Oh, amor... Oh, querida...
Em um mundo inteiro de pessoas há somente alguns que querem voar,
Isso não é louco?
Isso não é louco? isso não é louco? isso não é louco?

Ohh...
Mas nós nunca vamos sobreviver, a menos que nós fiquemos um pouco loucos... Loucos...
Não nós nunca vamos sobreviver, a menos que nós sejamos um pouco... Louco...
Mas nós nunca vamos sobreviver, a menos que nós fiquemos um pouco... Loucos... Loucos...
Não nós nunca vamos sobreviver, a menos que nós sejamos um pouco... Loucos...
Não, não, nunca vamos sobreviver a menos que nós fiquemos um pouquinho...

E quando você vê coisas
O tamanho
De cada uma que você nunca viu antes

Eles quebrarão isso

Um dia...

Uma única criança sabe...

Então as coisas
O tamanho
De cada uma que você nunca viu antes

Algum dia...
(De algum jeito... Algum dia... De algum jeito... Algum dia... De algum jeito... Algum dia...)

Composição: Guy Sigsworth / Seal Henry Samuel · Esse não é o compositor? Nos avise.
Traduzida por rockeira, Legendado por Victor e michaellpedro
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.
Terra Música
feedback