Ojos Así

Shakira

exibições 329.275

Ojos Así

Ayer yo conocí un cielo sin sol
Y un hombre sin suelo
Un santo en prisión
Y una canción triste sin dueño

Ya he ya he ya la he
Y conocí tus ojos negros
Ya he ya he ya la he
Y ahora si que no
Puedo vivir sin ellos yo

Le pido al cielo solo un deseo
Que en tus ojos yo pueda vivir
He recorrido ya el mundo entero
Y una cosa te vengo a decir
Viaje de bahrein hasta beirut
Fué desde el norte hasta el polo sur
Y no encontré ojos así
Cómo los que tienes tú

Rabboussamai fikarrajaii
Fi ainaiha aralhayati
Ati ilaika min hatha lkaaouni
Arjouka labbi labbi nidai
Viaje de bahrein hasta beirut
Fué desde el norte hasta el polo sur
Y no encontré ojos así
Cómo los que tienes tú

Ayer vi pasar una mujer
Debajo de su camello
Un río de sal un barco
Abandonado en el desierto

Ya he ya he ya la he
Y vi pasar tus ojos negros
Ya he ya he ya la he
Y ahora si que no
Puedo vivir sin ellos yo

Le pido al cielo solo un deseo
Que en tus ojos yo pueda vivir
He recorrido ya el mundo entero
Y una cosa te vengo a decir
Viaje de bahrein hasta beirut
Fué desde el norte hasta el polo sur
Y no encontré ojos así
Cómo los que tienes tú

Rabboussamai fikarrajaii
Fi ainaiha aralhayati
Ati ilaika min hatha lkaaouni
Arjouka labbi labbi nidai
Viaje de bahrein hasta beirut
Fué desde el norte hasta el polo sur
Y no encontré ojos así
Cómo los que tienes tú

Rabboussamai fikarrajaii
Fi ainaiha aralhayati
Ati ilaika min hatha lkaaouni
Arjouka labbi labbi nidai
min Bahrain ila Beirut
Fué desde el norte hasta el polo sur
Y no encontré ojos así
Cómo los que tienes tú

Le pido al cielo solo un deseo
Que en tus ojos yo pueda vivir
He recorrido ya el mundo entero
Y una cosa te vengo a decir
Viaje de bahrein hasta beirut
Fué desde el norte hasta el polo sur
Y no encontré ojos así
Cómo los que tienes tú

Olhos Assim

Ontem conheci um céu sem sol
E um homem sem solo
Um santo na prisão
E uma canção triste sem dono

Ya he, ya he, ya la he
E conheci os seus olhos negros
Ya he, ya he, ya la he
E agora sei que não
Posso viver sem eles

Peço aos céus só um desejo
Que nos seus olhos eu possa viver
Já percorri o mundo inteiro
E uma coisa venho lhe dizer
Viajei do Barein até Beirute
Fui desde o norte até o Polo Sul
E não encontrei olhos assim
Como os que você tem

Senhor dos céus, a vós rogo
Nos olhos dela vejo vida
Venho a vós, daqui deste universo
Por favor, meu Deus, respondei à minha súplica
Viajei do Barein até Beirute
Fui desde o norte até o Polo Sul
E não encontrei olhos assim
Como os que você tem

Ontem eu vi passar uma mulher
Debaixo de seu camelo
Um rio de sal e um barco
Abandonado no deserto

Ya he, ya he, ya la he
E vi passar os seus olhos negros
Ya he, ya he, ya la he
E agora sei que não
Posso viver sem eles

Peço aos céus só um desejo
Que nos seus olhos eu possa viver
Já percorri o mundo inteiro
E uma coisa venho lhe dizer
Viajei do Barein até Beirute
Fui desde o norte até o Polo Sul
E não encontrei olhos assim
Como os que você tem

Senhor dos céus, a vós rogo
Nos olhos dela vejo vida
Venho a vós, daqui deste universo
Por favor, meu Deus, respondei à minha súplica
Viajei do Barein até Beirute
Fui desde o norte até o Polo Sul
E não encontrei olhos assim
Como os que você tem

Senhor dos céus, a vós rogo
Nos olhos dela vejo vida
Venho a vós, daqui deste universo
Por favor, meu Deus, respondei à minha súplica
Viajei do Barein até Beirute
Fui desde o norte até o Polo Sul
E não encontrei olhos assim
Como os que você tem

Peço aos céus só um desejo
Que nos seus olhos eu possa viver
Já percorri o mundo inteiro
E uma coisa venho lhe dizer
Viajei do Barein até Beirute
Fui desde o norte até o Polo Sul
E não encontrei olhos assim
Como os que você tem

0 comentários
Terra Música feedback