Olha Eu de Novo

Shirley Carvalhaes

exibições 31.262

É, se você fosse contar à multidão que está torcendo pra você cair
É irmão, está difícil pra viver,
Porque a gente só encontra quem queira nossa destruição
Foi assim também com os heróis da Fé
Leia a história de José, de Daniel e Ester
E nada mudou, ainda isso acontece
Em nosso meio a quem deseja a ruína do seu próximo.

Nos caluniam, nos afrontam, lançam pedras
Seus corações estão fervendo de inveja
Mas todo o sentimento negativo contra ti jamais prosperará
Se lançarem você numa cova, sei que bem mais vivo dela sairás
Porque ninguém pode te tocar
E se numa fornalha aquecida te jogar só pra te destruir,
Vão ter uma surpresa quando forem bem de perto pra ver o teu fim
Vão ouvir você falar, vão ouvir você gritar: Olha eu de novo!

Olha eu de novo,
Tentaram acabar contigo,
Quando foram surpreendidos ao ouvir você gritar: Olha eu de novo!
Armaram um laço, destruíram sua vida
E novamente ouviu você gritar assim: Olha eu de novo!
Pode cair mil ao teu lado e dez mil a tua direita
Sempre vão te ouvir gritar: Olha eu de novo!
Olha eu de novo,
Ditaram data para o fim da tua vida, foi em vão a tentativa
Quando viu você de novo
Olha eu de novo,
Fizeram trato com o inimigo pra parar sua jornada, e de nada adiantou
Olha eu de novo,
És protegido do Senhor e não importa quantas vezes eles tentem
Você sempre vai dizer: Olha eu de novo.

Nos caluniam, nos afrontam, lançam pedras
Seus corações estão fervendo de inveja
Mas todo o sentimento negativo contra ti jamais prosperará
Se lançarem você numa cova, sei que bem mais vivo dela sairás
Porque ninguém pode te tocar
E se numa fornalha aquecida te jogar só pra te destruir,
Vão ter uma surpresa quando forem bem de perto pra ver o teu fim
Vão ouvir você falar, vão ouvir você gritar: Olha eu de novo!

Olha eu de novo,
Tentaram acabar contigo,
Quando foram surpreendidos ao ouvir você gritar: Olha eu de novo!
Armaram um laço, destruíram sua vida
E novamente ouviu você gritar assim: Olha eu de novo!
Pode cair mil ao teu lado e dez mil a tua direita
Sempre vão te ouvir gritar: Olha eu de novo!
Olha eu de novo,
Ditaram nada para o fim da tua vida, foi em vão a tentativa
Quando viu você de novo
Olha eu de novo,
Fizeram trato com o inimigo pra parar sua jornada, e de nada adiantou
Olha eu de novo,
És protegido do Senhor e não importa quantas vezes eles tentem
Você sempre vai dizer: Olha eu de novo.

Final: Olha eu de novo.

Composição: Denner de Souza & Adriano Barreto · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por lokoporjesus
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música
feedback