exibições 3.567

Overs

Why dont we stop fooling ourselves?
The game is over,
Over,
Over.
No good times, no bad times,
Theres no times at all,
Just the New York times,
Sitting on the windowsill
Near the flowers.

We might as well be apart.
It hardly matters,
We sleep separately.

And drop a smile passing in the hall
But theres no laughs left
cause we laughed them all.
And we laughed them all
In a very short time.

Time
Is tapping on my forehead,
Hanging from my mirror,
Rattling the teacups,
And I wonder,
How long can I delay?
Were just a habit
Like saccharin.

And Im habitually feelin kinda blue.

But each time I try on
The thought of leaving you,
I stop...
I stop and think it over.

Finais

Por que nós não paramos de nos enganar?
O jogo acabou,
Acabou,
Acabou.
Sem momentos bons, sem momentos ruins,
Não há momentos algum,
Apenas o New York Times,
Sentado no parapeito da janela
Perto das flores.

Nós também podemos estar muito bem separados.
Isso quase não importa,
Nós dormimos separados.

E deixo escapar um sorriso ao passar pelo hall
Mas não há mais nenhuma risada
porque nós rimos todas elas.
E nós rimos todas elas
Num período de tempo muito curto.

Tempo
Está batendo na minha testa
Pendurando-se no meu espelho,
Choacalhando as xícaras de chá,
E eu me pergunto,
Por quanto tempo eu posso prolongar?
Nós somos apenas um hábito
Como sacarina.

E eu estou habituado a me sentir meio triste.

Mas cada vez que eu tento experimentar
O pensamento de deixar você
Eu paro...
Eu paro e penso de novo.

Terra Música
feedback