Blood of Eden (RADIO EDIT)

Sinead O'Connor

exibições 210
tradução automatica via Revisar tradução

Blood of Eden (RADIO EDIT)

(Peter Gabriel)

I caught sight of my reflection
I caught it in the window
I saw the darkness in my heart
I saw the signs of my undoing
They had been there from the start
And the darkness still has work to do
The knotted chord's untying
They're heated and they're holy
Oh they're sitting there on high
So secure with everything they're buying

In the blood of Eden
Lie the woman and the man
With the man in the woman
And the woman in the man
In the blood of Eden
Lie the woman and the man
We wanted the union
Oh the union of the woman
The woman and the man

At my request, you take me in
In that tenderness, I am floating away
No certainty, nothing to rely on
Holding still for a moment
What a moment this is
Oh for a moment of forgetting,
a moment of bliss
Heyyyy

I can hear the distant thunder
Of a million unheard souls
Of a million unheard souls
Watch each one reach for creature comfort
For the filling of their holes

In the blood of Eden
Lie the woman and the man
With the man in the woman
And the woman in the man
In the blood of Eden
Lie the woman and the man
We wanted the union
Of the woman and the man

In the blood of Eden
Lie the woman and the man
I feel the man in the woman
And the woman in the man

In the blood of Eden
Lie the woman and the man
I feel the man in the woman
And the woman in the man

In the blood of Eden
We've done everything we can
In the blood of Eden
Saw the end as we began
With the man in the woman
And the woman in the man
It was all for the union
Oh, the union of the woman,
the woman and the man.

Sangue do Éden (radio edit)

[


(Peter Gabriel)

Avistei minha reflexão
Eu peguei-o na janela
Eu vi a escuridão em meu coração
Eu vi os sinais da minha ruína
Eles tinham estado lá desde o início
E a escuridão ainda tem trabalho a fazer
Desvinculação da corda atada a
Eles estão aquecidos e eles são santos
Oh, eles estão sentados lá no alto
Então seguro com tudo o que está comprando

No sangue do Éden
Deite-se da mulher e do homem
Com o homem na mulher
E a mulher no homem
No sangue do Éden
Deite-se da mulher e do homem
Queríamos a união
Oh a união da mulher
A mulher eo homem

A meu pedido, me leva em
Em que ternura, estou flutuando para longe
Nenhuma certeza, nada de contar com
Segurando ainda por um momento
Que momento é este
Oh, por um momento de esquecimento,
um momento de felicidade
Eiiii

Eu posso ouvir o trovão distante
De um milhão de almas inéditas
De um milhão de almas inéditas
Observe cada um alcance para o conforto criatura
Para o enchimento dos seus furos

No sangue do Éden
Deite-se da mulher e do homem
Com o homem na mulher
E a mulher no homem
No sangue do Éden
Deite-se da mulher e do homem
Queríamos a união
Da mulher e do homem

No sangue do Éden
Deite-se da mulher e do homem
Eu me sinto o homem da mulher
E a mulher no homem

No sangue do Éden
Deite-se da mulher e do homem
Eu me sinto o homem da mulher
E a mulher no homem

No sangue do Éden
Nós fizemos tudo o que pudermos
No sangue do Éden
Vi o final quando começamos
Com o homem na mulher
E a mulher no homem
Foi tudo para a união
Oh, a união da mulher,
a mulher eo homem.

]

0 comentários
Terra Música feedback