Wrecking The Sphere

Sonata Arctica

exibições 2.653

Wrecking The Sphere

I see the landscape before me
So beautiful it makes me smile
Those whispering sounds in silence
Reaching for me, trying to warn me, once again

Wake up to sense the violence
Right and wrong, clear and strong
Whispering sounds in the darkness
The time will come to undo what you have done

What if the seas can't save you
From the fires of this world
You left no trees to keep you
On the surface, when the day comes

The push that you gave derailed me
On my knees, broken seals
Your vagary led to the silence
I can't hear you.

Please cast the die
Paint the horizon with the right shade of red
When the oceans rise
Mother cleans the slate and the cradle becomes
Your grave

What if the seas can't save you
From the fires of this world...
You left no trees to keep you
On the surface, the oceans rise

Under the sky
We create our future
Towards the end we tend to forget
Is world such a bad place
Why are we wrecking the sphere

Four seasons turn into two
Two less seats in the ancient guild
The bond is now obsolete
You gave us the roots and the wings
The more you gave, the more we parted from you
This day seems so infinite
We never learned to be afraid

Pray no, you should not pray now
Must believe in yourself
All the choices you make
Will define you in the end
Truly, we're a lost cause
A tiny rhymless word
In the poem of time

What if the seas can't save you
From the fires of this world
You left no trees to help you
Back to surface, when the oceans rise

Demolindo a esfera

Eu vi a paisagem diante de mim
Tão linda, ela me faz sorrir
Aqueles sons sussurrados no silêncio
Me atingindo, tentando me advertir, mais uma vez

Acorde para sentir a violência
Certo e errado, claro e forte
Sons sussurrados na escuridão
O tempo virá para desfazer o que você fez

'Que se os mares não puderem te salvar
Dos fogos desse mundo
Você não deixou nenhuma árvore para te manter
Na superfície, quando o dia vier

O impulso que você deu me descarrilhou
Em meus joelhos, selos quebrados
Seu capricho conduziu ao silêncio
Eu não posso te ouvir

Por favor jogue o dado
Pinte o horizonte com a sombra certa do vermelho
Quando os oceanos se levantarem
A mãe limpa a ardósia eo berço se torna
Seu túmulo

Que se os mares não puderem te salvar
Dos fogos desse mundo...
Você não deixou nenhuma árvore para te manter
Na superfície, os oceanos levantam

Sob o céu
Nós criamos nosso futuro
Em direção ao fim que tendemos a esquecer
O mundo é um lugar tão mau?
Por que nós estamos destruindo a esfera?

Quatro estações se transformam em duas
Dois assentos a menos no grêmio antigo
O vínculo é obsoleto agora
Você nos deu as raízes e as asas
Quanto mais você dá, mais nos separamos de você
Este dia parece tão infinito
Nós nunca aprendemos a ser medrosos

Não reze, você não deve rezar agora
Deve acreditar em si mesmo
Todas as escolhas que você faz
Vão limitar você no fim
Verdadeiramente, nós somos uma causa perdida
Uma minúscula palavra não versificada
No poema do tempo

Que se os mares não puderem te salvar
Dos fogos desse mundo
Você não deixou nenhuma árvore para te ajudar
A voltar para a superfície, quando os oceanos se levantarem

Terra Música feedback