Moon Over Bourbon Street

Sting

exibições 6.815

Moon Over Bourbon Street

There's a moon over Bourbon Street tonight
I see faces as they pass beneath the pale lamplight
I've no choice but to follow that call
The bright lights, the people, and the moon and all
I pray everyday to be strong
For I know what I do must be wrong
Oh you'll never see my shade or hear the sound of my feet
While there's a moon over Bourbon Street

It was many years ago that I became what I am
I was trapped in this life like an innocent lamb
Now I can never show my face at noon
And you'll only see me walking by the light of the moon
The brim of my hat hides the eye of a beast
I've the face of a sinner but the hands of a priest
Oh you'll never see my shade or hear the sound of my feet
While there's a moon over Bourbon Street

She walks everyday through the streets of New Orleans
She's innocent and young from a family of means
I have stood many times outside her window at night
To struggle with my instinct in the pale moonlight
How could I be this way when I pray to God above
I must love what I destroy and destroy the thing I love
Oh you'll never see my shade or hear the sound of my feet
While there's a moon over Bourbon Street

Lua Sobre a Bourbon Street

Há uma lua sobre a Bourbon Street hoje à noite
Eu vejo rostos que passam sob a luz do lampião pálido
Eu não tenho escolha a não ser seguir esse chamado
As luzes brilhantes, as pessoas, a lua e tudo
Eu rezo todo dia para ser forte
Pelo que sei o que faço deve ser errado
Oh você nunca verá minha sombra ou ouvir o som dos meus pés
Enquanto houver uma lua sobre a Bourbon Street

Foi há muito tempo atrás que tornei-me o que sou
Fui preso nesta vida como um cordeiro inocente
Agora não posso nunca mostrar meu rosto ao meio-dia
E você apenas me verá andando sob a luz da lua
A aba de meu chapéu esconde os olhos de uma fera
Tenho o rosto de um pecador mas as mãos de um padre
Oh você nunca verá minha sombra ou ouvir o som dos meus pés
Enquanto houver uma lua sobre a Bourbon Street

Ela caminha todo dia através das ruas de Nova Orleans
Ela é inocente e jovem, de uma família humilde
Eu tenho parado muitas vezes fora de sua janela à noite
Lutando contra meu instinto na luz pálida da lua
Como fui ficar deste jeito, quando rezo a Deus do céu
Eu devo amar o que destruo e destruir o que amo
Oh você nunca verá minha sombra ou ouvir o som dos meus pés
Enquanto houver uma lua sobre a Bourbon Street

Terra Música
feedback