Letras de músicas - Letras.mus.br

Scusa Ma Ti Chiamo Amore

Scusa ma ti chiamo amore
Non so dire nulla più
Scusa se ti ho dato un nome
Dico solo che sei tu
Che ridisegni il mio destino
E colori il desiderio dentro gli occhi miei

Io non ho più freddo adesso
Che ho imparato a piangere
E non ho paura quando sento di rinascere
Mi rimetti in gioco adesso
Lascio correre il mio cuore verso di te

Nomi troppo tardi in tasca
Ora ho la libertà
Puoi tirarla fuori quando vuoi

Una vita da riscrivere
Nel tuo cuore che ha mille pagine
Sfoglierò poesie che parlano di noi
Un amore che non ha età

Scusa ma ti chiamo amore
E non posso dir di più
Scusa se non posso avere
Gli anni che hai ora tu
Ma conservo quell'istinto per volare come un aquilone in libertà

L'amore non è convenzione
Non si delimita
Scorre nei nostri cuori ormai

Una vita da riscrivere
Nel tuo cuore che ha mille pagine
Parlerò di un amore che oltrepassa le distanze e non si ferma mai
Non si ferma mai

Una vita da riscrivere
Nel tuo cuore che ha mille pagine
Sfoglierò poesie che parlano di noi
Un amore che non ha età

Scusa ma ti chiamo amore
Non so dire nulla più
Scusa se ti ho dato un nome
Ora puoi chiamarmi anche tu

Desculpa Mas Te Chamo Amor

Desculpa mas te chamo de amor
Não sei dizer nada mais
Desculpa se te dei um nome
Digo só que é você que
Redesenha o meu destino
E colore o desejo dentro dos meus olhos

Eu não tenho mais frio agora
Que aprendi a chorar
E não tenho medo quando me sinto renascer
Me coloco novamente à prova
Deixo o meu coração correr pra você

Nomes tarde demais no bolso
Agora tenho a liberdade
Pode jogá-la fora quando quiser

Uma vida pra reescrever
No seu coração que tem mil páginas
Folhearei poesias que falam de nós
Um amor que não tem idade

Desculpa mas te chamo de amor
E não posso dizer mais
Desculpa se não posso ter
Os anos que você tem agora
Mas conservo aquele instinto pra voar como um gavião em liberdade

O amor não é convenção
Não se delimita
Acontece nos nossos corações até agora

Uma vida pra reescrever
No seu coração que tem mil páginas
Falarei de um amor que ultrapassa as distâncias e não pára nunca
Não pára nunca

Uma vida pra reescrever
No seu coração que tem mil páginas
Folhearei poesias que falam de nós
Um amor que não tem idade

Desculpa mas te chamo de amor
Não sei dizer nada mais
Desculpa se te dei um nome
Agora pode me chamar também você

20.890 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais