exibições 37.153

Perdoa, quando eu disse te servir
Me servindo de você, maculando teu altar
E dizendo ser pra Ti, mas querendo
Ter pra mim a glória

Perdoa, se de mim me orgulhei
Esquecendo quem sou eu
Desprezando quem és Tu
Eu sou o barro e sou pó
E o tesouro que há em mim
É teu Senhor

Perdoa, me desfaz e me refaz
Mas não deixe que eu perca
Em minhas vaidades
Perdoa, ressucita-me pra Ti
Quero estar no centro de Tua vontade
Me perdoa, me livra de mim mesmo

0 comentários
Terra Música feedback