Brand New Ancient

Uverworld

exibições 810

Brand New Ancient

Platinum world NO6 jidai ni kizamu Eternity
Prime egoist senkushateki SAMURAI no Spiritus

Bring up The brand new world
Back to the past Identical to our time

Bring up The brand new world
Back to the past Identical to our time

Senroppyakusannen haruka mukashi
Saigo no bakufu kanraku no miyako
Rekishijou saidai no kanashimi ni mukatte arukidasu tabibito
Tsune ni jouhou ni uete ita jidai
ROKOMI hikyaku ni yoru nihyakurokujuuyonnenkan
Hitobito wa gohou ni odorasarete ita
Itsu no jidai mo onaji

Futashika na chi ashi furueru
Dokusai no chi no ue sora wa ureide naku
Mayoko ni mo ugoku hari no oto
Utakata no otogi no naka de

Sono saki zutto itsu no jidai mo
Hito wa kawarazu hito wo aishite yuku darou
Jitsuwa to taishou ni odorasareru
Itsu no jidai mo onaji

Bamen wa kigenzen umi wo watari
Taiko no hekiga ni mo kou shirusarete ita
"Saikin no wakamono wa natte nai"
Itsu no jidai mo onaji
Hitsuyou ijou ni ashi susumeru
Shikaku ni toraeta chikyuu ni
Nani mo enakatta

Kono saki zutto itsu no jidai mo
Hito wa kawarazu hito wo ayameteku no?
Asu ni fuan wo daku koto mo
Itsu no jidai mo onaji dake

Bring up, Bring up, Bring up
utagata no koe mo
Bring up, Bring up.

Platinum world NO6 jidai ni kizamu Eternity
Prime egoist senkushateki SAMURAI no Spiritus

Play act PAIONIA to kasu kirari to sasu koshi no tachi
Minna ga ayameru chikara burasageru fuhou no ERIA
Kanashiki kana futei na kotae wa
Toki wo koe ima no ga masaru daro
Furukiyoki fushuu wo kotae ni
Negau wa subete seikaku ni dendou

Sono saki zutto itsu no jidai mo
Hito wa kawarazu hito wo aishite yuku darou
Jitsuwa to taishou ni odorasareru
Itsu no jidai mo onaji dake

Bring up, Bring up, Bring up
Our time The brand new world
Back to the past Identical to our time
The brand new world
Back to the past Identical to play act

Novo Antigo

Mundo Platinado e o Número 6 carvam a eternidade em cada era
Egoismo no auge, como um espírito samurei pioneiro

Traga o Novo Mundo
Voltando para o passado indêntico ao nosso tempo

Traga o Novo Mundo
Voltando para o passado indêntico ao nosso tempo

Há muito tempo em 1603
O ùltimo shogunato, a capital do prazer, viajantes andam
Em busca das grandes tragédias da história
Foi uma era faminta em informação
264 passam, através das palavras da boca dos mensageiros
O povo é manipulado por informações erradas
É sempre a mesma coisa em toda era

Pernas tremendo no chão da incerteza
Acima da terra do despotismo, o céu varre as lágrimas da tristeza
Bem do nosso lado está o som do relógio batendo
Em um conto de fadas efêmero

Cada era que chega
Pessoas continuarão se apaixonando
Manipulados por tudo exceto pela histórial real
É sempre a mesma coisa em toda era

Antes de Cristo, cruzando o mar
Isso estava escrito em uma parede antiga
"As crianças de hoje não são boas"
É sempre a mesma coisa em toda era
Se movendo mais a frente do que o necessário
Os quatro cantos do planeta
Não segura nada para nós

Cada era que chega
Irão as pessoas continuar se matando?
Estamos todos preocupados com o futuro
É sempre a mesma coisa em toda era

Traga, traga, traga
As vozes efêmeras
Traga, traga

Mundo Platinado e o Número 6 carvam a eternidade em cada era
Egoismo no auge, como um espírito samurei pioneiro

Jogue o ato e se torne pioneiros, a espada está brilhando em sua cintura
Segure a força para matar todos nessa area sem leis
E a tristeza? Aquela resposta incerta
Cruzou o tempo e agora mais do que nunca
Os velhos costumes são a resposta
E todos nós queremos uma transmissão concreta

Cada era que chega
Pessoas continuaram se apaixonando
Manipulados por tudo exceto pela histórial real
É sempre a mesma coisa em toda era

Traga, traga, traga
Nosso tempo, o Novo Mundo
Voltando para o passado indêntico ao nosso tempo
Traga o novo mundo
Voltando para o passado indêntico ao ato de recreação

Terra Música feedback