O Bem-amado

Vinicius de Moraes

exibições 21.431

A noite no dia, a vida na morte, o céu no chão
Pra ele, vingança dizia muito mais que o perdão
O riso no pranto, a sorte no azar, o sim no não
Pra ele, o poder valia muito mais que a razão

Quando o sol da manhã vem nos dizer
Que o dia que vem pode trazer
O remédio pra nossa ferida, abre o meu coração
Logo o vento da noite vem lembrar
Que a morte está sempre a esperar
Em um canto qualquer desta vida
Quer queira, quer não

O espanto na calma, coragem no medo
Vai e vem, o corpo sem alma
Ainda na dor que o mal não tem
A noite no dia, a vida na morte, o céu no chão
Pra ele, vingança dizia muito mais que o perdão

Terra Música feedback