exibições 6.699

Só depois que eu deitei em espinhos é que eu percebi
Como é bom ter uma cama macia perto de você
Embora não tenhas comigo jogado
No jogo da morte é que eu vi você
Tão louca voando de longe,
De longos cabelos de puro lis
Teu vestido de gazes macias, recebeu de mim
Novamente a eterna afeição dos meus madrigais
Tão louca menina, de longos desejos que eu descobri
Vestida de noiva dos meus 20 anos de medo
Que eu construí
Porta aberta, postigo de coisas, meus anseios vi
Refletidos no mais violento carne e carnaval
Caindo de sono no meio do mundo eu fui passear
Nos dentes vermelhos da boca pequena
Que eu quase morri de rir
Teu sorriso no meu parapeito encontrou a paz
Nas delongas, matizes, apertos, essa cor esvai
Um lampejo nos olhos profundos me alucinou
Como fogos do teu artifício me alumiou
Pequeno fogo trocado, molambo, pano queimado
Tijela, pente e um bê
Beijando bela duquesa, batendo, bule e beleza
Boneca branca e buquê por quê ?

Terra Música feedback