Portal do Destino

Zé Ramalho

exibições 1.503

É por uma encruzilhada
Que o passo faz o destino
O erro mais pequenino
Dificulta a caminhada
Fica preso na entrada
Quem não souber se livrar
Daqueles que vão tentar
Estragar a tua estrada
Um deles, de emboscada
Decerto vai te esperar

O portão dessas entradas
É ponte para os caminhos
Um deles não tem espinhos
Nem rifles, nem espingardas
Nem tiros, nem emboscadas
Nem rastros de animais
Nem deuses, nem imortais
Conhecem essa aventura
Nem toda espera dura
Nem queira saber demais

Nos planos que preparei
Nas horas que vão passando
Os anos, de quando em quando
Refletem no que pensei
É claro que observei
Nas águas e nas correntes
Que descem pelas vertentes
Do jeito mais que eu podia
De vez em quando eu sentia
Cercado de penitentes

Terra Música
feedback