Anema E Core

Zizi Possi

exibições 6.150

Anema E Core

Nuje ca perdimmo 'a pace'e 'o suonno,
Num 'nce dicimmo, maje pecchè?...
Vocche ca vase nun ne vonno,
Nun só' 'sti vvocche, oj né!
Pure, te chiammo a num rispunne,
Pé ffà dispietto a mme...

Tenimmoce accussì, ànema'e core,
Nun 'nce lassammo cchiù manco pé n'ora,
'stu desiderio 'e te, me fà paura...
Campà cu tte!
Sempe cu tte!...
Pe' nun murì!...

Che ce dicimmo a ffà, parole amare,
Si'o bbene, po' campà cu nu respiro!
Si smanie pure tu pé chist'ammore,
Tenimmoce accussi... ànema e core!

Forse sarrà ch'o chianto è doce,
Forse sarrà ca bbene fà...
Quanno me sento cchiù felice,
Num è felicità...
Pure si'e vvote, tu mme dice,
Distratta à verità...

Tenimmoce a accussi, ànema 'e core,
Num 'nce lassammo cchiù, manco pe' n'ora,
Stu desiderio 'e te, me fà paura...
Campà cu tte!...
Sulo cu tte'...
Pe' nun murì!...

Che ce dicimmo a ffà, parole amare,
Si'o bbene, pó campà cu nu respiro?
Si smanie pure tu pé chist'ammore,
Tenimmoce accussi... ànema e core!

Anema E Core (Tradução)

Nós que perdemos a paz e o sono
E jamais dizemos o porquê
Bocas que beijam sem desejo
Eu não as conheço, meu amor
Mas eu te chamo e não respondes
Só para me machucares

Fiquemos assim, alma e coração
Não nos separemos mais, nem por uma hora
Este desejo seu me apavora
Viver contigo
Sempre contigo
Para não morrer

Refrão
Por que então nos dizemos palavras tão amargas?
Se a felicidade pode viver num só respirar
Se eu sei que você também vibra com este amor
Vamos ficar assim, alma e coração

Talvez o pranto seja doce
Talvez até nos faça bem
Quando eu me sinto mais feliz
Não é felicidade
Mesmo que às vezes você me diga
Distraída a verdade

Refrão

0 comentários
Terra Música feedback