Afreketê

Alcione

exibições 2.725

Afreketê
Eu vim lhe ver
E sem querer mergulhei fundo
Xangô já cansou de me dizer
Que seu calor é que faz meu mundo

A cidade de São Salvador
Amanheceu tocando o sino
E o bloco afreketê chegou
Carregando um santo pequenino
Feliz de quem tem o que quer
Na força grande de um Xangô menino
Vai ser de bem, vai ser de fé
Vai ser senhor e rei do seu destino

Afreketê
Eu vim lhe ver
E sem querer mergulhei fundo
Xangô já cansou de me dizer
Que seu calor é que faz meu mundo

Foi no chão de Salvador, Bahia
Que eu risquei o meu caminho
E o menino que é meu guia
Nunca me deixou sozinho
Assim eu vou com meu bem querer
Pois eu sou da cor do afreketê
Assim eu sou, cheio de emoção
Com afreketê no coração

Afreketê
Eu vim lhe ver
E sem querer mergulhei fundo
Xangô já cansou de me dizer
Que seu calor é que faz meu mundo

Terra Música feedback